Ideias

Observações sobre educação para a literatura

Observações sobre educação para a literatura

Ao vermos a precisão de ideias em Machado de Assis e de adjetivos em Joyce, não aprendemos a raciocinar e a descrever, apenas perdemos o direito de raciocinar e descrever levianamente. Perante um tema tratado com profundidade e delicadeza pelos grandes autores, salvamo-nos do ridículo de tratar o mesmo assunto com simplismo, rudez, e ainda assim nos julgarmos portadores do novo.

Quer trocar um burguer New York Style por um espetinho de gafanhoto?

Quer trocar um burguer New York Style por um espetinho de gafanhoto?

Desde o século 18 que um país não ocidental, não democrático-liberal e de língua não inglesa, não se torna a maior economia do mundo. Há uma projeção matemática que indica que a China quebre este jejum de primeiro posicionamento e ultrapasse os Estados Unidos, tornando-se assim a maior economia global, dentro de mais dez anos. Este fato, por si só, é extremamente relevante para o contexto global.

A era dos intelectuais Nutella

A era dos intelectuais Nutella

Os mais críticos podem afirmar que eles confirmam a “Teoria do Medalhão” daquele famoso conto do Machado de Assis, que representam o fascínio brasileiro pelo bacharelismo denunciado por Sérgio Buarque de Holanda ou que são meros autores de autoajuda. Injustiça! Talvez os epítetos mais corretos fossem “divulgadores científicos” ou “vulgarizadores do conhecimento erudito”. Não são Paulos Coelhos com diploma, embora suas obras mais populares não ajudem a dissipar tal impressão.

Guia do eleitor desiludido: um campo de joio com algum trigo

Guia do eleitor desiludido: um campo de joio com algum trigo

Nós brasileiros estamos, sim, com complexo de vira-lata. Claro que há luz no fim do túnel e recentemente a esperança aumentou, mas daí a acreditar que vamos mudar profundamente a política já é um passo largo demais… Mais do que nunca o eleitor desiludido se sente desarmado para usar seu voto para transformar os rumos do nosso país.