Ideias

O culto ao corpo e o atrofiamento dos cérebros bombados

O culto ao corpo e o atrofiamento dos cérebros bombados

Dando-se uma volta de três minutos no banheiro de alguma das (milhares de) academias por aí, tudo o que se ouve são projetos. O negócio parece escola de engenharia, até que se entenda a intenção por trás das falas: projeto-verão, projeto-Cancun, projeto-noiva, projeto-carnaval… É tanto projeto que Niemeyer morreria — de novo — de inveja. Uma voltinha nos aparelhos e já se pode produzir um artigo científico sobre termogênicos, esteroides, repositores energéticos, proteínas, vitaminas, pró-hormonais e hormônios.

Mais do que hipocrisia, exigir que uma criança de 5 anos tenha aulas a distância é cruel e desonesto

Mais do que hipocrisia, exigir que uma criança de 5 anos tenha aulas a distância é cruel e desonesto

O contato esporádico é salutar e deve ser estimulado, mas encher grupos de WhatsApp e caixas de email com exercícios e recomendações ao vento só dificulta o período, que já é complicado. A hipocrisia de uma pseudoaula a distância precisa ser superada pelo uso da racionalidade. Do contrário, continuaremos em um cenário em que as escolas fingem que ensinam, as crianças, vítimas, nem ao menos fingem que aprendem e os pais, no fim das contas, é que pagam a conta. Literalmente.

Admirável gado novo

Admirável gado novo

Não há como se entender a nostalgia pela supressão de seus próprios direitos. Na medida em que se exige a concessão de poderes autoritários a quem quer que seja, a consequência natural é a limitação das liberdades fundamentais em prol de uma eticidade e de valores morais que sequer são de fato comprovados em qualquer momento da história.

Pior do que o Coronavírus é a pandemia de imbecis

Pior do que o Coronavírus é a pandemia de imbecis

A triste realidade nacional parece caminhar a passos largos para um colapso que só será definitivamente sentido quando os camburões estiverem carregando corpos amontoados. Enquanto isso, a marcha da insensatez segue o seu caminho, com o desprezo às medidas de precaução e a controvérsia entre os governantes.

Chegou a hora de as escolas baixarem a bola e entenderem que quem educa são os pais

Chegou a hora de as escolas baixarem a bola e entenderem que quem educa são os pais

Foi preciso um choque de realidade para as entidades escolares entenderem que, de fato, a participação da família é imprescindível para a formação da criança. É fato que, nos meses de forçada reclusão, vive-se um estado experimental de velado homeschooling — prática que, aliás, é regularizada em mais de 60 países e cuja constitucionalidade a Suprema Corte brasileira já apontou como dependente apenas de regulamentação.

Ninguém escolheu ficar confinado: educação a distância não é hipocrisia ou escolha, é a única alternativa possível no momento

Ninguém escolheu ficar confinado: educação a distância não é hipocrisia ou escolha, é a única alternativa possível no momento

A covid-19 modificou tudo neste momento; é uma crise que, segundo muitos especialistas, poderá ser maior que a de 1930. Por causa dela, a população do mundo todo está convivendo de modo totalmente diferente e explorando novas formas de relacionamento. Por ora, o que aproxima as famílias, amigos e entes queridos são as redes sociais.

Gusttavo Lima e a hipocrisia dos sinalizadores de virtude

Gusttavo Lima e a hipocrisia dos sinalizadores de virtude

É tudo cancelamento. Cancelem todos esses homens e mulheres que absurdamente (!) carregam antivirtudes, mas que deveriam fingir santidade para agradar a quem nada de braçada na hipocrisia. E então, quando o ambiente for suficientemente asséptico e correto, façam uma “live” de unicórnios veganos e bonzinhos morando felizes em Nárnia. Quando a quarentena acabar, eles podem ser entrevistados no Programa da Fátima; será lindo.

O samba da morte: na contramão do mundo, o deboche brasileiro sobre a “gripezinha” liga o alerta do planeta

O samba da morte: na contramão do mundo, o deboche brasileiro sobre a “gripezinha” liga o alerta do planeta

No Brasil, o novo coronavírus ainda não foi totalmente compreendido por uma considerável parcela da população. Como por aqui ainda não chegamos ao número de mortes e casos confirmados por testes equivalentes aos de outros países, abre-se espaço para o surgimento de teorias conspiratórias, que envolvem desde uma suposta dominação comunista à prevalente desqualificação da letalidade do vírus.