Livros

22 livros que são diamantes para o cérebro

22 livros que são diamantes para o cérebro

Livros, bons livros, são verdadeiros diamantes para o cérebro ou, se se quiser, para a alma. Aliás, até maus livros, se bem lidos, se tornam pelo menos uma vistosa bijuteria. Nesta lista, idiossincrática como qualquer outra, menciono livros que, em geral, foram editados no Brasil há alguns anos. Mas poucos estão fora de catálogo. Os que estão podem ser encontrados em sebos — caso da obra-prima “Paradiso”, romance do Lezama Lima. Quando Fidel Castro for um rodapé na história de Cuba, daqui a 55 anos, Lezama Lima permanecerá sendo lido.

A obra completa de Machado de Assis para download gratuito

A obra completa de Machado de Assis para download gratuito

Machado de Assis nasceu em 21 de junho de 1839, é considerado, ao lado de Guimarães Rosa, o mais importante escritor brasileiro. Poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista e crítico literário, testemunhou a Abolição da Escravatura e a mudança política no país quando a República substituiu o Império. Morreu em 29 de setembro de 1908, aos 69 anos.

Quem, ou que é, o juiz Holden, de Meridiano de Sangue

Quem, ou que é, o juiz Holden, de Meridiano de Sangue

A dissociação entre homem e natureza é uma invenção da cultura, sendo que esta traçou uma fronteira entre o humano e o animal, por meio dos símbolos. Cormac McCarthy violenta essa fronteira e lança-nos de volta às nossas origens mais atávicas, quando não reconhecíamos nossa humanidade. Vivíamos sujeitos aos próprios instintos, sob a hostilidade de um universo absolutamente estranho e maligno, nem sempre visível.

Os 10 livros mais lidos na quarentena

Os 10 livros mais lidos na quarentena

Mesmo com as livrarias e bibliotecas fechadas, movimentos em favor da leitura estão crescendo em todo o mundo, principalmente nas redes sociais. Como a procura tem sido maior, a Revista Bula reuniu em uma lista os dez livros mais vendidos pela Amazon, durante o período de isolamento, a partir das indicações da Bula.

15 livros que marcaram a infância

15 livros que marcaram a infância

A Revista Bula realizou uma enquete para descobrir quais são, segundo os leitores, as obras que mais marcaram a infância dos brasileiros. Entre clássicos da literatura nacional e internacional, os 15 mais votados foram reunidos com suas respectivas sinopses, que foram adaptadas das originais, divulgadas pelas editoras.

Elza Soares, a Billie Holiday dos trópicos, 90 anos

Elza Soares, a Billie Holiday dos trópicos, 90 anos

Aos 13 anos, Elza Soares foi mãe. Com Alaúrdes teve cinco filhos, João Carlos, Dilma, Gilson, Gerson e Edmundo. Este morreu de fome. Gerson foi entregue para um casal adotar. No lugar de cuidar da casa, a criança preferia soltar pipa, carregando o bebê numa cesta de vime. Como não queria continuar apenas como “parideira”, arranjou emprego numa fábrica de sabão.

10 livros para tomar gosto pela leitura

10 livros para tomar gosto pela leitura

Ainda que seja prazeroso e proporcione muitos benefícios para a mente, ler pode ser difícil para algumas pessoas, principalmente se o hábito não foi incentivado desde a infância. Para ajudar aqueles que ainda não são bons leitores, mas desejam começar, a Bula reuniu dez ótimas indicações de livros.

O Amor nos Tempos do Cólera: o grande livro de García Márquez que ficou à sombra de Cem Anos de Solidão

O Amor nos Tempos do Cólera: o grande livro de García Márquez que ficou à sombra de Cem Anos de Solidão

Se o “O Amor nos Tempos do Cólera” possui menos crédito do que “Cem Anos de Solidão”, é porque aprendemos a esperar do escritor colombiano histórias recheadas de coisas absurdas, como fizera naquela obra em que criara certamente mais dificuldades para seus leitores. A dupla latino-americano formada por Mário Vargas Llosa e Gabriel García Márquez anunciava-se ao mundo no final dos anos 1960, e o último exporia uma nova faceta do realismo mágico-fantástico iniciado por Alejo Carpentier e Jorge Luis Borges em décadas anteriores.