Livros

Cem Anos de Solidão, um livro para se ler eternamente

Cem Anos de Solidão, um livro para se ler eternamente

Não queira tirar uma moral exclusiva ou um sentido único de “Cem Anos de Solidão”. Porque ele é plural e contém todos os sentidos e todas as morais. Seu estágio de conhecimento, seu estado de espírito, suas crenças e ideias dominantes é que vão dar o tom do que se perceber, do que se retirar. No microcosmo chamado Macondo é que a saga dos Buendía-Iguarán se destrinça. Uma sequência de José Arcádio e Aureliano se sucede em profusão, cobrindo um período sintomático de 100 anos.

10 livros fundamentais de escritoras brasileiras

10 livros fundamentais de escritoras brasileiras

A Bula reuniu em uma lista obras-primas de escritoras brasileiras que são leituras obrigatórias. A seleção contempla autoras de diferentes gerações e gêneros literários. Entre elas, estão Maria Firmina dos Reis, autora de “Úrsula (1859), o primeiro romance escrito por uma mulher no país; Lygia Fagundes Teles, que construiu uma narrativa surpreendente a partir de pontos de vista femininos nos contos de “A Estrutura da Bolha de Sabão” (1991); e Cecília Meireles, que narra, por meio de versos — e do ponto de vista dos derrotados —, a história da Inconfidência Mineira.

Toda a obra poética de Fernando Pessoa para download

Toda a obra poética de Fernando Pessoa para download

O portal Domínio Público disponibiliza para download a poesia completa de Fernando Pessoa. Embora sem uma ordem cronológica adequada e com edições repetidas, o acervo contempla toda a obra conhecida do poeta português. Fernando Pessoa nasceu em Lisboa, em junho de 1888, e morreu em novembro de 1935, na mesma cidade. É considerado, ao lado de Luís de Camões, o maior poeta da língua portuguesa e um dos maiores da literatura universal.

A obra completa de Machado de Assis para download gratuito

A obra completa de Machado de Assis para download gratuito

Machado de Assis nasceu em 21 de junho de 1839, é considerado, ao lado de Guimarães Rosa, o mais importante escritor brasileiro. Poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista e crítico literário, testemunhou a Abolição da Escravatura e a mudança política no país quando a República substituiu o Império. Morreu em 29 de setembro de 1908, aos 69 anos.

10 livros para deixar 2020 mais leve

10 livros para deixar 2020 mais leve

Com tantos desastres e notícias ruins, cresce a percepção de que o mundo está se tornando um lugar pior com o passar do tempo. Mas, ainda que pareça egoísta, é necessário, às vezes, se desligar das previsões para relaxar e descansar a mente. Para os que procuram livros que possam tornar os dias mais leves, a Bula reuniu em uma lista dez ótimas indicações.

Os 10 romances mais importantes da literatura brasileira

Os 10 romances mais importantes da literatura brasileira

As listas são um instrumento crítico de grande relevância, pois trazem, subjacente, um conceito de literatura — este conceito talvez seja mais importante do que as obras escaladas. Ao escolher apenas dez romances brasileiros eternos, segui alguns critérios: não repetiria livros do mesmo autor; privilegiaria obras que trouxeram alguma inovação formal; e daria preferência a livros que fossem mais do que uma história, que tivessem um valor metonímico, representando um período literário, um painel histórico, um grupo social, uma tendência estética.

15 livros de Vinicius de Moraes para leitura gratuita

15 livros de Vinicius de Moraes para leitura gratuita

O site oficial de Vinicius de Moraes disponibilizou, para leitura gratuita e integral, 15 livros do poeta brasileiro. Entre as obras oferecidas, 13 são antologias poéticas e duas reúnem crônicas. “Forma e Exegese” (1935), “Cinco Elegias” (1943) e “Para Uma Menina com Uma Flor” (1966) são algumas das mais conhecidas.

22 livros que são diamantes para o cérebro

22 livros que são diamantes para o cérebro

Livros, bons livros, são verdadeiros diamantes para o cérebro ou, se se quiser, para a alma. Aliás, até maus livros, se bem lidos, se tornam pelo menos uma vistosa bijuteria. Nesta lista, idiossincrática como qualquer outra, menciono livros que, em geral, foram editados no Brasil há alguns anos. Mas poucos estão fora de catálogo. Os que estão podem ser encontrados em sebos — caso da obra-prima “Paradiso”, romance do Lezama Lima. Quando Fidel Castro for um rodapé na história de Cuba, daqui a 55 anos, Lezama Lima permanecerá sendo lido.