A mais bela história de amor do cinema mundial nos últimos 2 anos está no Prime Video Divulgação / Universal Pictures

A mais bela história de amor do cinema mundial nos últimos 2 anos está no Prime Video

Será que histórias como a que conta D.J. Caruso em “Amor de Redenção” aconteceriam hoje, um tempo estranho no qual as aparências têm valido mais que a real natureza das coisas e das pessoas, boa ou má; que narrativas assumem aura de verdade absoluta e conspurcam o quer que toquem em caráter absoluto; e sentimentos tornam-se moeda de troca em acordos espúrios, que não satisfazem ninguém e só deixam um travo de amargor quando se desfazem, pouco tempo depois?

Advocacia criminal, Francesco Carnelutti e Josef K.

Advocacia criminal, Francesco Carnelutti e Josef K.

Não é nada incomum encontrar entre as pessoas uma abjeção mais ou menos explícita pela figura do advogado criminal. À primeira vista, trata-se de um sujeito com um senso moral extremamente flexível, capaz de defender os monstros mais infames em troca de honorários. Seguindo essa linha, a opinião pública confunde o advogado com o seu cliente (e para piorar, com o crime pelo qual este é acusado). É algo como: “se fulano defende um monstro, é porque ele também deve ser um”.

Comédia com Chris Rock na Netflix vai melhorar seu dia instantaneamente Divulgação / Paramount

Comédia com Chris Rock na Netflix vai melhorar seu dia instantaneamente

Rock sobe no conceito de alguns sabidos, e em num distante 2014, estrelava e dirigia “No Auge da Fama”, uma tentativa de crescer, como artista e como homem, que um episódio de oito anos depois comprovou ser mera jogada de marketing. Se seu filme tem algo de bom, é justamente a capacidade de imprimir leveza a temas que fustigam os Estados Unidos desde sempre, dentre os quais o racismo, por óbvio, ganha lugar de destaque.

Faça um favor a si mesmo e assista, na Netflix, a uma das melhores comédias românticas da história do cinema Barry Wetche / GHS Productions

Faça um favor a si mesmo e assista, na Netflix, a uma das melhores comédias românticas da história do cinema

Kay, a esposa abnegada de “Um Divã para Dois”, tem feito das tripas coração quanto a segurar seu casamento com Arnold, embora sinta que o esforço unilateral não vá dar cabo de anos de uma monotonia que resvala na indiferença e na humilhação. É aí que David Frankel começa a virar a chave para a solução que ocupa grande parte dos cem minutos de seu filme, levando Kay e Arnold a um universo que passariam a vida sem jamais conhecer.

Inspirada em William Shakespeare, obra-prima ignorada pelo público é um dos melhores filmes da história da Netflix Divulgação / Netflix

Inspirada em William Shakespeare, obra-prima ignorada pelo público é um dos melhores filmes da história da Netflix

Na interseção entre a autoavaliação pessoal e a arte da atuação, Timothée Chalamet se destaca como um exemplo de como as dúvidas internas podem moldar uma carreira. Seu papel em “O Rei”, dirigido por David Michôd, o consagra como um ator de talento excepciona e também serve como uma lente através da qual observamos a complexidade de se tornar um líder tanto no cenário fictício quanto na realidade de uma carreira sob os holofotes.