30 livros que são diamantes para o cérebro e ideais pra presentear

30 livros que são diamantes para o cérebro e ideais pra presentear

Na elaboração da lista, priorizei livros publicados no Brasil. Só dois foram lançados em Portugal, mas podem ser encontrados em algumas livrarias brasileiras. Livrarias, por sinal, que passam por uma crise devastadora. A torcida é para que as livrarias Cultura (dívida de quase 300 milhões de reais) e Saraiva (dívida de quase 700 milhões de reais) se recuperem, mas não será nada fácil. Oxalá a recuperação judicial não seja a porta aberta — até escancarada — para a falência.

Os 10 melhores episódios do Monty Python Flying Circus para ver na Netflix

Os 10 melhores episódios do Monty Python Flying Circus para ver na Netflix

O tempo passa e o “Monty Python” continua sendo o grupo mais subversivo da história do humor. Agora todos os 45 episódios do “Monty Python Flying Circus”, que foram ao ar pela BBC entre 1969 e 1974, estão disponibilizados pela Netflix. O República dos Bananas recomenda que você veja todos. Mas como o tempo é curto, a vida é breve e a cerveja é sagrada, nós separamos os dez melhores episódios para você ir direto ao que importa.

Matando cachorro a grito e a cacete de ferro

Matando cachorro a grito e a cacete de ferro

Não sou muito afeito a falar a verdade, mas, o fato é que a poesia não me afeta. Eu amo a mulher, criatura abjeta. Eu bato em mulher com os punhos cerrados, porrada na dose certa. Eu mato mulher quando erro a mão num mero acidente de percurso que sequer me desconcerta. Eu com certeza meto a colher em briga de casal até engrossar o caldo.

15 filmes inteligentes para ver na Netflix

15 filmes inteligentes para ver na Netflix

A Netflix possui um grande acervo de filmes e séries, mesmo assim, decidir qual título assistir nem sempre é uma tarefa fácil. Afinal, a classificação por gêneros: comédia, horror, drama, não é suficiente para usuários indecisos. Pensando nisso, a Bula vasculhou o catálogo do serviço de streaming e selecionou filmes inteligentes. Além de elogiados pela crítica, as produções conseguiram conquistar popularidade entre os espectadores.

A mulher não nasceu para ser mãe, mas para ser o que ela quiser

A mulher não nasceu para ser mãe, mas para ser o que ela quiser

É normal ouvir de uma mulher mais jovem que ela não sabe se terá filhos, pois ainda há muito tempo para se decidir. Mas, cada vez mais, ouço, em meu consultório, mulheres jovens afirmarem, categoricamente, que não serão mães. Antes, o que parecia uma decisão somente de mulheres mais maduras, está deixando de ser um tabu: não é mais obrigação gerar outra vida.

O agressor de um animal não é apenas um covarde. É também um potencial criminoso

O agressor de um animal não é apenas um covarde. É também um potencial criminoso

Animais não podem defender-se sozinhos. Ficam reféns dos homens, da sua crueldade. Nem mesmo entendem por que apanham. Veem o seu dono e pensam logo em alguém que lhes há de dar amor, carinho, atenção. Que surpresa desagradável, então, é levar uma bordoada, um chute ou qualquer outro tipo de ataque. Quem bate não faz ideia de como sofre o animal. Quem bate não percebe como, pouco a pouco, a agressividade contamina-o.

Desafio clássicos que as pessoas mentem que viram: você viu no máximo 7 desta lista de 50 filmes

Desafio clássicos que as pessoas mentem que viram: você viu no máximo 7 desta lista de 50 filmes

Apesar de figurarem em qualquer lista de filmes emblemáticos da história da sétima arte e serem reverenciados em prosa e verso como o suprassumo do cinema mundial, pouquíssimas pessoas, segundo cálculo prévio, realmente viram mais do que sete dos filmes listados. Propagandear que os viram se tornou apenas mais uma dessas obviedades para carimbar o currículo e não perder o ar de descolado no grupo de amigos.

Ela canta, dança e se automutila

Ela canta, dança e se automutila

Louca varrida. Criança oferecida. Escória. Inúmeras vezes, Camila já se adjetivou, impropriamente, sentindo-se culpada, suja, pensando em se matar. As câmaras frias dos necrotérios estão lotadas de gente que tinha o sangue quente. Ela ama a vida. Ela odeia a própria vida. São poucos os que compreendem tais sentimentos antagônicos. Muitos sequer conhecem o significado do vernáculo.

10 tradições sexuais chocantes ao redor do mundo

10 tradições sexuais chocantes ao redor do mundo

Ir ao cinema, jantar à luz de velas, ou até mesmo casamento? Em alguns lugares, os rituais para o sexo são bem diferentes e envolvem cabanas de amor, troca de maridos e até apelidos para os genitais. Nessa lista, a Revista Bula reuniu dez dos ritos de passagem e tradições sexuais mais chocantes ao redor do mundo.

40 coisas que só fazem sentido para quem cresceu nos anos 1980

40 coisas que só fazem sentido para quem cresceu nos anos 1980

Para os economistas, os anos 1980 foi a década perdida da América Latina. Para os saudosistas, foi a melhor época da história desde que o mundo é mundo. O fato concreto é que os anos 80 foi um período seminal do século 20, com grandes transformações políticas e sociais. Para relembrar os anos incríveis ou década perdida — como queiram —, a Bula reuniu em uma lista coisas que só fazem sentido para quem cresceu nos anos 1980.

As 50 palavras mais bonitas da língua portuguesa

As 50 palavras mais bonitas da língua portuguesa

Pedimos a Marcelo Franco, um dos maiores especialistas em livros no Brasil, que listasse as 50 palavras mais bonitas da literatura em língua portuguesa. O especialista enumerou 100 palavras, destas, selecionamos 50. Obviamente que listas são sempre incompletas, idiossincráticas. Sabe-se que, como a percepção, a opinião — que é a base da maioria as listas —, é algo individual.

10 melhores filmes de 2018 disponíveis na Netflix

10 melhores filmes de 2018 disponíveis na Netflix

Com o fim do ano se aproximando, a Bula reuniu em uma lista 10 dos melhores filmes produzidos em 2018. E o melhor: eles estão disponíveis no catálogo da Netlix. Entre os escolhidos, estão produções de diretores já consagrados, como Alfonso Cuarón e Orson Welles; e outros longas que foram sucesso com o público, como a comédia romântica “Para Todos os Garotos que já Amei”.

Desafio 100 coisas para fazer no Brasil antes de morrer: você fez no máximo 6 desta lista de 100

Desafio 100 coisas para fazer no Brasil antes de morrer: você fez no máximo 6 desta lista de 100

A partir da opinião dos leitores e colaboradores, criamos um novo desafio: 100 coisas para fazer no Brasil antes de morrer. A lista reúne atividades para os mais díspares perfis e tendências: de escalar uma montanha em Roraima a tomar um café no interior de Minas Gerais, de participar de uma missa em Brasília a andar de bondinho às margens do rio Amazonas, no Amapá. De acordo com a enquete prévia que fizemos, pouquíssimas pessoas cumpriram mais de seis das 100 atividades listadas.

Paulo Coelho, um professor na escola de Harry Potter

Paulo Coelho, um professor na escola de Harry Potter

Se antes ser pego lendo Paulo Coelho pegava mal, agora é cult. Curiosamente, os novos admiradores de Paulo Coelho adotaram o mesmo discurso de defesa que o próprio Mago apresenta desde a década de 1980: quem não gosta de seus livros é pedante e tem inveja de seu sucesso internacional, despeito por ele ser lido e festejado por intelectuais como Madonna e Bill Clinton. Simples assim. Não concebem que um crítico possa desaprovar os livros por motivos meramente técnicos e estéticos.

Elza Soares, a Billie Holiday dos trópicos

Elza Soares, a Billie Holiday dos trópicos

Fico tentado a fornecer um guia de leitura do livro “Elza Soares — Cantando Para Não Enlouquecer” (Planeta, 383 páginas), do escritor José Louzeiro, que morreu em 2017. No guia, privilegiaria os capítulos que discutem diretamente a artista e menos sua vida. Mas, se fizesse isto, contribuiria para privar o leitor de entender, de modo mais amplo, como uma favelada, sem nenhuma estrutura, se tornou uma cantora magnífica — espécie de Billie Holiday, pelo menos em sofrimento, dos trópicos.

O Segredo dos Seus Olhos: três viagens num carrossel

O Segredo dos Seus Olhos: três viagens num carrossel

“O Segredo dos Seus Olhos”, de Juan José Campanella, é a composição de uma peça clássica em três movimentos. É um filme de amor dentro dos parâmetros conhecidos, ou seja, um casal próximo demais que não consegue se tocar durante o filme todo e só encontra uma solução no final. É um filme policial seguindo os trilhos do filme noir, onde um investigador solitário procura saber algo que todos querem esconder.

40 coisas que você só vai entender se for viciado em livros

40 coisas que você só vai entender se for viciado em livros

Quem conhece e compartilha os segredos da boa leitura demonstra alguns sinais inegáveis. Anda por aí cheirando livros, se contorce para descobrir qual obra um desconhecido lê em local público, fica divido entre o amor pelo livro físico e as facilidades do leitor digital — e, independente da escolha, se sente um traidor. A Bula reuniu em uma lista essas e outras características que só quem é viciado em livros consegue entender.

Mulheres, estudem! É libertador não depender de um homem

Mulheres, estudem! É libertador não depender de um homem

Eu trabalhava no serviço público de saúde. Ela tinha 18 anos e veio à consulta endocrinológica porque não conseguia engravidar. Não foi preciso muita anamnese para descobrir a causa da sua infertilidade, pois facilmente fiz o diagnóstico. Entretanto, o que deveria ser uma consulta rotineira pareceu-me um enorme desafio: eu precisava entender por que aquela menina já queira ter um filho.

O Apanhador no Campo de Centeio: o livro que inventou uma geração

O Apanhador no Campo de Centeio: o livro que inventou uma geração

Prestes a completar 70 anos de publicação  —  surgiu em 1951, antes mesmo dos pais da maioria de vocês nascerem  —  a novela de Salinger é não só uma das mais marcantes obras da literatura norte-americana contemporânea; é também um marco na longa estrada que os jovens trilharam (e ainda trilham) para provar que têm direito a uma voz e uma visão de mundo próprias.

Lobo Antunes ironiza o Prêmio Nobel e afirma que Saramago é uma merda

Lobo Antunes ironiza o Prêmio Nobel e afirma que Saramago é uma merda

António Lobo Antunes é apontado como o maior escritor vivo de Portugal. É uma espécie de Samuel Beckett do país. Escritor de uma prosa por vezes difícil, que exige uma leitura tão atenta quão paciente, sua língua, quando fala de outros autores, é quase sempre corrosiva. Ele acaba de lançar, em Portugal, o romance “A Última Porta Antes da Noite” (Dom Quixote, 456 páginas).

A história da escritora negra e favelada que foi traduzida em 13 países

A história da escritora negra e favelada que foi traduzida em 13 países

O livro “Tempo de Reportagem — Histórias Que Marcaram Época no Jornalismo Brasileiro” (Leya, 287 páginas), de Audálio Dantas, que morreu em 2018, contém verdadeiras aulas de jornalismo. Além de reportagens clássicas, típicas do jornalismo literário, mas sem a pretensão típica de Truman Capote e Tom Wolfe, há textos introdutórios sobre como foram feitas. Recomendo vivamente “A nova guerra de Canudos”, “Povo caranguejo” e “O drama da favela escrito por uma favelada”.

Todos os filmes originais Netflix, classificados do pior ao melhor

Todos os filmes originais Netflix, classificados do pior ao melhor

A Netflix está investindo cada vez mais pesado na produção de filmes exclusivos. Mais de uma centena deles já foram lançados, e estão disponíveis na plataforma do serviço de streaming. A Bula avaliou todas as produções originais e as reuniu em uma lista, organizada do pior ao melhor filme. O ranking levou em conta as notas atribuídas aos títulos no IMDb, uma das maiores plataformas de cinema do mundo.

Os 25 melhores romances brasileiros do século 21

Os 25 melhores romances brasileiros do século 21

A Revista Bula realizou uma enquete entre os meses de janeiro e agosto de 2018, com o objetivo de descobrir quais são, segundo os leitores, os melhores romances brasileiros publicados no século 21. A consulta foi feita a colaboradores, assinantes — a partir da newsletter —, e seguidores da página da revista no Facebook e no Twitter. Foram considerados apenas os romances brasileiros publicados a partir do dia 1º de janeiro de 2001, e apenas um livro por autor.

15 livros essenciais dos últimos 15 vencedores do Nobel de Literatura

15 livros essenciais dos últimos 15 vencedores do Nobel de Literatura

A cada ano, desde 1901, um novo escritor é laureado com o Prêmio Nobel de Literatura, considerado o mais importante e renomado do mundo. O vencedor é escolhido pela Academia Sueca, analisa a importância do conjunto da obra do autor, bem como o impacto cultural, político ou social causado por ela. A Bula reuniu em uma lista os ganhadores das últimas 15 edições do Nobel: de J. M. Coetzee, em 2003, a Kazuo Ishiguro, em 2017.

A era dos intelectuais Nutella

A era dos intelectuais Nutella

Os mais críticos podem afirmar que eles confirmam a “Teoria do Medalhão” daquele famoso conto do Machado de Assis, que representam o fascínio brasileiro pelo bacharelismo denunciado por Sérgio Buarque de Holanda ou que são meros autores de autoajuda. Injustiça! Talvez os epítetos mais corretos fossem “divulgadores científicos” ou “vulgarizadores do conhecimento erudito”. Não são Paulos Coelhos com diploma, embora suas obras mais populares não ajudem a dissipar tal impressão.

Em uma sociedade de analfabetos, ser inteligente na adolescência virou crime

Em uma sociedade de analfabetos, ser inteligente na adolescência virou crime

A indústria cultural, diferentemente de boa parte dos pais, sabe o significado do mito da adolescência moderna. Ultrapassando as pretensas crises emocionais que decorrem do período, as quais são deixadas para reflexão dos psicólogos e dos psicanalistas, cuida-se logo de “empurrar goela abaixo” o estereótipo estupidificante do adolescente bestializado, um “trapo humano” jovem e insensível. Despreza-se a leitura, tida como “tarefa chata da escola”, travestindo de “poesia” os “ex-my love” da vida — como se pudesse haver perenidade artística em algo tão ruim e de criatividade equivalente a de uma bactéria anaeróbia.

Guia para o Grande Romance Americano: de Henry James a Thomas Pynchon

Guia para o Grande Romance Americano: de Henry James a Thomas Pynchon

Há nos Estados Unidos o “mito” do Grande Romance Americano. Alguém já o escreveu, alguém vai escrevê-lo? Quem? Na verdade, tal romance já foi escrito. Aliás, não se deve falar num romance, e sim em vários romances. E há escritores americanos que são, no geral, bons críticos literários. Entre eles estão Henry James, Saul Bellow (um ensaísta do primeiro time), John Updike e Philip Roth.

Desafio da BBC: você leu no máximo seis desses 100 livros

Desafio da BBC: você leu no máximo seis desses 100 livros

Um desafio literário se espalhou pela internet e deixou leitores ao redor do mundo com a pulga atrás da orelha. De acordo com a brincadeira, ninguém leu mais do que seis livros de uma lista que reúne 100 obras, composta em sua maioria por grandes clássicos da literatura, como “Orgulho e Preconceito” (1813), de Jane Austen; “O Sol é Para Todos” (1960), de Harper Lee, “Hamlet” (1609), de William Shakespeare; e até a Bíblia Sagrada.

Os 50 melhores livros da história da literatura

Os 50 melhores livros da história da literatura

Para se chegar ao resultado fizemos uma compilação de listas publicadas por jornais, revistas e sites especializados em listas, mercado editorial e livros. O objetivo da pesquisa era identificar, baseado nestas listas, quais eram os melhores livros da história da literatura. Algumas das listas pesquisadas incluíam apenas romances, outras — livros não ficcionais. Algumas traziam apenas obras do século 20, outras — obras seminais, formadoras da cultural ocidental. Após a seleção das listas, criamos uma base de dados para que todos os livros fossem pontuados igualmente independentemente do gênero ou período em que foi escrito.

22 livros que são diamantes para o cérebro

22 livros que são diamantes para o cérebro

Livros, bons livros, são verdadeiros diamantes para o cérebro ou, se se quiser, para a alma. Aliás, até maus livros, se bem lidos, se tornam pelo menos uma vistosa bijuteria. Nesta lista, idiossincrática como qualquer outra, menciono livros que, em geral, foram editados no Brasil há alguns anos. Mas poucos estão fora de catálogo. Os que estão podem ser encontrados em sebos — caso da obra-prima “Paradiso”, romance do Lezama Lima. Quando Fidel Castro for um rodapé na história de Cuba, daqui a 55 anos, Lezama Lima permanecerá sendo lido.

Os 10 filmes mais felizes da Netflix

Os 10 filmes mais felizes da Netflix

Os filmes são capazes de provocar diferentes sensações nos espectadores. Por mais que as produções dramáticas, que fazem chorar, levem a maior parte da fama, existem filmes encantadores que nos deixam com uma prolongada sensação de alegria. Pensando nisso, a Bula reuniu dez opções disponíveis na Netflix capazes de levantar o ânimo de qualquer um.

Companhia das Letras suspende distribuição de biografia de João de Deus

Companhia das Letras suspende distribuição de biografia de João de Deus

Por determinação dos editores Luiz Schwarcz e Lilia Moritz Schwarcz, a Editora Companhia das Letras decidiu suspender a distribuição do livro “João de Deus — Um Médium no Coração do Brasil” (selo Fontanar). A obra é um dos best sellers da casa editorial. As acusações de assédio foram decisivas. A Companhia das Letras pertence à editora alemã Random House (70%) e a Luiz Schwarcz (30%).

50 coisas para fazer antes do 50: quantas delas você já fez?

50 coisas para fazer antes do 50: quantas delas você já fez?

A Revista Bula, com ajuda dos leitores e colaboradores, reuniu em uma lista 50 coisas para se fazer antes dos 50 anos. A lista traz desde coisas triviais como segurar um recém-nascido no colo, morar sozinho ou construir um jardim até coisas presumidamente impossíveis como conhecer pessoalmente todos os amigos do Facebook ou desconectar-se totalmente do mundo virtual.