Listas

Sete dicas de Ernest Hemingway para escrever ficção

Sete dicas de Ernest Hemingway para escrever ficção

Ganhador do prêmio Pulitzer de Ficção e do prêmio Nobel de Literatura, Ernest Hemingway é considerado um dos escritores mais importantes do século 20. “Por Quem os Sinos Dobram”, inspirado em sua experiência como correspondente de guerra, e publicado em 1940, é considerado sua obra-prima. Hemingway nunca escreveu um tratado sobre a arte de escrever ficção. Ele deixou, no entanto, muitas passagens em cartas, artigos e livros com opiniões e conselhos sobre a escrita.

30 coisas que vão fazer você se sentir velho

30 coisas que vão fazer você se sentir velho

Por mais que a idade mostre os seus sinais físicos e subjetivos, às vezes não nos damos conta completamente da quantidade de coisas que já vivenciamos ao longo da vida. Nesse caso, relembrar um fato antigo pode ser um verdadeiro choque de realidade. Reunimos em uma lista algumas situações que farão você se sentir na terceira idade, mesmo que ainda não tenha chegado nela.

40 coisas que aprendemos com a Sessão da Tarde

40 coisas que aprendemos com a Sessão da Tarde

Os filmes da Sessão da Tarde, exibidos pela Rede Globo de Televisão, fazem parte da infância e adolescência de grande parte dos brasileiros. Geralmente de classificação indicativa livre, os filmes são para toda a família e possuem alguns pontos em comum. Afinal, crianças sempre conseguem vencer os bandidos e toda menina antissocial se torna a mais bonita do colégio. A Bula reuniu em uma lista essas e outras situações típicas e improváveis dos filmes da Sessão da Tarde.

30 coisas absurdas que todo mundo acreditava quando era criança

30 coisas absurdas que todo mundo acreditava quando era criança

A infância sem dúvida é o período de maior criatividade e espontaneidade da vida humana. Questões complexas demais para serem compreendidas em sua totalidade, enquanto ainda começamos a entender o mundo para além da nossa casa, ganham explicações muito simples, mas completamente sem pé nem cabeça. Em tributo à criança interior de cada um, a Bula relembra coisas absurdas que todo mundo acreditou quando era criança.

50 coisas que só fazem sentido para quem cresceu nos anos 1990

50 coisas que só fazem sentido para quem cresceu nos anos 1990

Quem cresceu nos anos 1990 pode dizer que é um sobrevivente. As crianças e adolescentes da década presenciaram coisas que seriam no mínimo polêmicas nos tempos atuais: produtos à base de mercúrio aplicados em machucados, como o Mercurocromo e o Merthiolate; a terrível maldição do boneco Fofão, que fez dezenas de vítimas, conforme diz a lenda. Para relembrar os bons e velhos tempos, a Bula reuniu em uma lista coisas que só fazem sentido para quem cresceu nos anos 1990.

40 coisas que você só vai entender se for viciado em livros

40 coisas que você só vai entender se for viciado em livros

Quem conhece e compartilha os segredos da boa leitura demonstra alguns sinais inegáveis. Anda por aí cheirando livros, se contorce para descobrir qual obra um desconhecido lê em local público, fica divido entre o amor pelo livro físico e as facilidades do leitor digital — e, independente da escolha, se sente um traidor. A Bula reuniu em uma lista essas e outras características que só quem é viciado em livros consegue entender.

Umberto Eco lista 14 características comuns do fascismo

Umberto Eco lista 14 características comuns do fascismo

Em junho de 1995, o escritor e filósofo Umberto Eco, autor dos clássicos “O Pêndulo de Foucault” e “O Nome da Rosa”, publicou um ensaio enumerando 14 características comuns do fascismo. Em seu texto, publicado no “New York Review of Books”, Umberto Eco escreve: “O fascismo eterno ainda está ao nosso redor, às vezes em trajes civis”.