Diários do Aran

Como ganhar uma guerra de narrativas

Como ganhar uma guerra de narrativas

O escritor José de Alencar havia pedido um chá e uma bomba de chocolate. Ele pegou o doce e, antevendo o prazer de saborear a delícia, ficou com a boca aberta e o quitute parado no ar, com aquele olhar perdido que Iracema tinha ao contemplar o mar do Ceará. Nisso, ia entrando o fabuloso Machado de Assis com o não menos incrível Rui Barbosa.

Como assistir “Era uma Vez em… Hollywood”

Como assistir “Era uma Vez em… Hollywood”

No fundo, os protagonistas Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e Cliff Booth (Brad Pitt) são dois velhos cowboys em busca de redenção. O primeiro é um ator que já teve dias melhores na carreira. O segundo é o melhor amigo dele e também seu dublê exclusivo. O filme é um olhar nostálgico ao cinema e à TV dos anos 60, mas a trama é movida pela reação dos dois personagens — já meio ultrapassados — a um mundo em acelerada transformação.

Como fazer cara de indignado

Como fazer cara de indignado

Os braços devem permanecer cruzados à altura do peito, o pescoço esticado e a boca levemente torcida para baixo, com as sobrancelhas bem cerradas. Sorriso, nunca. Indignado não vê graça em nada. Se quiser variar a pose, pode enfiar os polegares nos pequenos bolsos do jeans, deixar as mãos estudadamente largadas e projetar o peito pra frente. Só a cara de invocado não muda.

Como se livrar dos chatos

Como se livrar dos chatos

Antigamente, era fácil identificar o chato. Era o cara sozinho na festa, encostado na parede e sorrindo amarelo. Hoje tudo mudou. O chato tem coluna em jornal, blog em portal, canal no youtuber, voz no podcast, talkshow na TV, perfil no Facebook, conta no Instagram e arroba no Twitter.