Diários do Aran

Pra quê escrever se ninguém lê?

Pra quê escrever se ninguém lê?

Sucesso literário é difícil em qualquer lugar do mundo e isso não tem a ver com a habilidade do autor. Há escritores muito bons que vendem pouco e escritores muito ruins que ganham uma bufunfa quando são adaptados por Hollywood. No Brasil, país pobre e desprovido de Hollywood, a coisa é mais difícil. O escritor tem de disputar o osso com militantes, marqueteiros e a MPB.

Como cancelar o Twitter

Como cancelar o Twitter

A Internet libertária e anárquica dos anos 90 não existe mais. A rede está tornando o mundo pior, mais burro, mais intolerante e mais injusto. As corporações multimilionárias e transnacionais que dominam a web dividem usuários em nichos não apenas por razões comerciais, mas também políticas.

Stálin, o estranho caso do facínora com fã-clube

Stálin, o estranho caso do facínora com fã-clube

O planeta Terra tem mais de 8 milhões de espécies diferentes, mas apenas uma delas mata por divergência de opinião. Tubarões devoram, serpentes picam e elefantes pisoteiam, mas só o homo sapiens extermina quem pensa diferente dele. Devido à sua natureza selvagem, a história humana tem uma grande coleção de sociopatas, mas poucos são iguais a Josef Stálin, o sucessor de Vladimir Lênin no comando da União Soviética.

Como desconstruir um super-herói

Como desconstruir um super-herói

A mistura de desconstrutivismo com super-heroísmo produziu três séries excelentes e que valem a maratona: “Doom Patrol” (HBO), “Umbrella Academy” (Netflix) e “The Boys” (Amazon). As três estão na segunda temporada, o que demonstra que a desconstrução, além de fazer sucesso na facul, também é um ramo bastante lucrativo.

Algumas memórias que eu havia esquecido

Algumas memórias que eu havia esquecido

Uma grande verdade da vida é que o tempo passa para todo mundo, exceto para Bruna Lombardi. Pensando nisso, comecei a colocar minhas memórias no papel na esperança de que elas resultem em autobiografia ou então em autoajuda, que vende bem mais. Tomara que algum editor leia esses primeiros textos e resolva me pagar. Se não pagar, eu continuo escrevendo.