Crônicas

Ter amigas é a melhor terapia que existe

Ter amigas é a melhor terapia que existe

À imperfeição, somam-se vulnerabilidade e sinceridade. Amigas se reconhecem mesmo sendo diferentes entre si. Elas trabalham fora e são do lar. Estão casadas, divorciadas e solteiras. São mães e não têm filhos. São tímidas e extrovertidas, sonhadoras e pé no chão. Ouvem música clássica e sertanejo universitário. E, quando estão juntas, sabem que é essa diferença que as completa.

A noite que Chico Buarque cantou para mim

A noite que Chico Buarque cantou para mim

Abro a porta e vejo um sujeito de costas para mim. Ele estava indo para outra ponta do salão para se servir de uma garrafa de vinho que estava sobre uma mesinha. Encheu o copo com o vinho e se virou. Era Chico Buarque de Hollanda. Sozinho, no camarim do “Avenida”. Fiquei sem voz, é óbvio. E ele, pelo visto, também, surpreso por alguém estar invadindo sua buarquiana privacidade.

Se você tem de 20 a 30 anos, este texto é pra você

Se você tem de 20 a 30 anos, este texto é pra você

De repente, as velinhas de seu aniversário não começam mais com o algarismo 1. Acabou, meu bem. Se tiver sorte, poderá voltar a ver tal número nessa posição quando completar 100 anos. Para isso, evite as drogas, procure dormir oito horas por dia e fuja do stress. Ou não faça nada disso, já que Keith Richards está aí para desmentir os médicos e sambar sobre a cautela, afinal. Passar dos 20 aos 30 é atravessar uma corda bamba a equilibrar um bocado de coisas importantes sobre braços, ombros e costas. A gente só mergulha nessa travessia porque não sabe direito o que tem do outro lado, mas é provável que as escolhas mais decisivas da vida sejam feitas nesse período.

A deliciosa sensação de estar sozinho e sentir-se verdadeiramente feliz

A deliciosa sensação de estar sozinho e sentir-se verdadeiramente feliz

Enquanto enchia minha farta taça de vinho pela segunda vez, já com os dentes e lábios roxos, dei-me conta de que a mesa a que me sentava estava vazia, exceto por mim. Na cozinha também havia ninguém, assim como em todo o apartamento. Sequer música se podia ouvir. Eu estava só e engolida pelo silêncio. Por um segundo, incomodou-me um pouco que a ideia de que alguém, vendo aquilo, pudesse concluir ser um momento de solidão abandonada.

Se vai pular o carnaval, não leia este texto

Se vai pular o carnaval, não leia este texto

À parte da embriaguez nauseante, do vapor fumegante da ureia nos becos, da trilha sonora de gosto discutível, das mãos bobas bancando as espertas, o que mais me surpreende nessa folia com doses cavalares é o exagero, a extravagância, o desligamento automático e massivo das massas cinzentas durante os quatro dias de feriadão (no mínimo), como se o país já fosse uma nação.

10 marchinhas de carnaval para cantar e ser preso

10 marchinhas de carnaval para cantar e ser preso

É um exagero. Ninguém vai preso por cantar marchinhas de carnaval com letras politicamente incorretas. Ora, nem pilhando a Petrobrás o sol nascerá quadrado para muitos. Debochar das diferenças — dizem os debochadores — faz parte dos costumes. Ser indiferente também. Há quem não mova uma palha pelo chamado mundo melhor. São os piores seres humanos que conheço.