Crônicas

Os meninos se matam

Os meninos se matam

O moço que se matou, dizendo por escrito que era um “desajustado social”, na verdade matou-se porque se deixou convencer de que não existe na vida e no mundo lugar para a dor. Matou-se porque lhe disseram, com aquele vocábulo, e com a filosofia maldita que por trás dele se esconde, que o mundo não concede matrícula aos que choram.

Eu sou o idiota útil de quem o capitão falava

Eu sou o idiota útil de quem o capitão falava

Eu acredito na gentileza, nas mulheres feias, especialmente, nas francesas. Ah… As francesas… Pode-se ser burro para sempre, Brigitte Bardot. A beleza, um dia, acaba. Estamos alinhados. Sou eu quem mama nas tetas muxibentas da mulher amada. A beleza reside, acima de tudo, nos gestos e nas palavras. O povo não devia depositar os seus votos de confiança nos homens desequilibrados. Eu não; eu voto em preto, principalmente, nos chicoteados que moram sob marquises e se amarram em comer chocolate.

Jesus te arma

Jesus te arma

A contar pelos comentários raivosos que espocaram nas redes sociais nas últimas semanas, concluo que a maioria dos leitores de internet anda odiando quase tudo o que eu escrevo. A maior parte simplesmente não suporta ler a partir do título, sequer atinge o segundo parágrafo, mesmo assim, detesta, não somente os textos, mas, o autor.

Cuidado com os homens de bem deste país

Cuidado com os homens de bem deste país

Os homens de bem deste país nunca se sentiram tão autoconfiantes. Preferem que a polícia atire na cabeça para matar. Um a menos para atazanar. A ralé que siga de ônibus, porque os snipers nunca tremem. Tudo é uma questão de destino. Aos nascidos em berço esplêndido, nenhuma chance para o azar.

Ela vai te comer

Ela vai te comer

Não tinha nada a ver com amor. Se muito, seria afeto. Empatia. Desejo. Paixão mal resolvida. Mania. E um bocado de solidão. Claire trabalhava como escritora-fantasma e estava absolutamente quebrada, falida, na lona. Devia impagáveis milhões aos bancos. Foi essa a herança que o marido lhe proporcionou.