Filmes

Impressionante, doce e emocional, o filme da Netflix que pode mudar a sua vida Divulgação / Netflix

Impressionante, doce e emocional, o filme da Netflix que pode mudar a sua vida

À exceção das demandas que tornam a vida prática um tanto mais embargada, os portadores de deficiências físicas e mentais são indivíduos exatamente como outro qualquer, com desejos, os que podem realizar e os recalcados, em face de sua condição ou a despeito dela; necessidades, as especiais, que as distanciam do contingente hegemônico, e todas as demais, que as igualam; e a eterna procura por fazer de sua jornada existencial um aprendizado que as capacite a se lançar a voos mais altos, precisamente a ambição de toda a humanidade.

Os 10 melhores filmes lançados pela Netflix em 2022, até agora Scott Yamano / Netflix

Os 10 melhores filmes lançados pela Netflix em 2022, até agora

A Revista Bula fez uma seleção com as melhores produções cinematográficas lançadas ou distribuídas pela Netflix em 2022, tendo como referências as notas da crítica atribuídas no Rotten Tomatoes. Entre os filmes também estão incluídos aqueles que estrearam em festivais em 2021, mas que só chegaram à plataforma em 2022. Todos os selecionados tiveram pontuações superiores a 8/10.

A joia escondida da Netflix que tem 100% de avaliações positivas mas você ainda não assistiu Jagtesh Kohli / Netflix

A joia escondida da Netflix que tem 100% de avaliações positivas mas você ainda não assistiu

O cinema indiano vai muito além de musicais engraçadinhos, melodramas chorosos e heróis e vilões chapados, sem nuanças de personalidade nem indagações de natureza ética. O sentimento do povo indiano é um dos aspectos compreendidos por “Histórias Incomuns”, antologia em quatro volumes em que os diretores Shashank Khaitan, Raj Mehta, Neeraj Ghaywan e Kayoze Irani revelam uma Índia além do clichê, tão mágica quanto polêmica.

O filme com Chadwick Boseman que todo mundo deveria assistir, na Netflix Barry Wetcher / Open Road Films

O filme com Chadwick Boseman que todo mundo deveria assistir, na Netflix

Reginald Hudlin celebra a memória de Thurgood Marshall, advogado negro que se tornaria famoso ganhando causas em que defendia “pessoas de cor”, como enunciava a nomenclatura falsamente inclusiva da época, mas que só referendava ainda mais o preconceito. Seu talento o levou a ser escolhido o primeiro magistrado afrodescendente da Suprema Corte americana, a esfera mais alta do judiciário do país. A alma arrojada e humanista desse personagem, vem a lume em “Marshall: Igualdade e Justiça”, manifesto contra a opressão de um grupo étnico e um canto à dignidade de todos os homens.