Autor: Thiago Anastácio

Um velho em Buenos Aires

Um velho em Buenos Aires

Ele pediu dois alfajores para, depois, sentar-se na esquina de uma agradável rua arborizada. Foi quando percebeu uma linda moça passando, morena, de andar que impunha lentidão aos relógios e à visão. Vestida de modo fino e vanguardista, seus cabelos negros denunciavam, assim como os seus olhos, traços de origem mediterrânea, misturados com alguma escapadela de uma avó ou avô.