Autor: Matheus Tévez

Apenas os imbecis acham que o coronavírus foi criado em laboratório para a China lucrar e sacanear o mundo

Apenas os imbecis acham que o coronavírus foi criado em laboratório para a China lucrar e sacanear o mundo

Sem entrar no mérito de tantos outros surtos que assolaram nosso território ou de estabelecer qualquer espécie de ranking comparativo entre males, é certo que o coronavírus assusta pelo seu potencial expansivo. Não à toa, a Organização Mundial de Saúde classificou o vírus como uma pandemia sem precedentes. Os números, realmente, são aterrorizantes.

A era dos ídolos estúpidos e dos cérebros ocos (quando uma democracia morre, ela morre para todos)

A era dos ídolos estúpidos e dos cérebros ocos (quando uma democracia morre, ela morre para todos)

A história, como se sabe, é cíclica nesse sentido, e na nossa não faltam períodos que deveriam funcionar como lições para jamais repeti-la. Por isso é fundamental ter a noção de que não existem soluções mágicas nem heróis redentores que vão (re)colocar o Brasil nos trilhos do triunfo. Acreditar nessa utopia é de uma ingenuidade limítrofe da infantilidade.

Abstinência deveria ser uma pauta íntima, e não governamental

Abstinência deveria ser uma pauta íntima, e não governamental

A ideia da abstinência como método contraceptivo não é novidade. O próprio governo aponta que países como os Estados Unidos e Uganda utilizam essa política como forma de tentar adiar a iniciação sexual e de prevenir a gravidez na adolescência. O cerne da questão está mesmo na falta de qualquer comprovação científica que confirme a eficácia do método.

Imbecilização coletiva (o que não sabem é que é possível não gostar de Lula e de Bolsonaro ao mesmo tempo)

Imbecilização coletiva (o que não sabem é que é possível não gostar de Lula e de Bolsonaro ao mesmo tempo)

Falar em Lula ou em Jair Bolsonaro é mexer com paixões. Na maioria dos casos, o que se vê é a racionalidade sendo deixada de lado em favor da admiração e confiança inabaláveis que a histeria coletiva costuma adotar em cada caso. A biografia dos dois, aos respectivos fãs, parece ungida e imaculada; não há questionamento de seus atos ou discursos falhos, já que traições ideológicas seriam o comburente necessário para o outro medrar.

O pior livro da década

O pior livro da década

Para os menos deslumbrados com frases de efeito, na melhor das hipóteses fica a impressão de que tudo que foi escrito poderia ser resumido em dez minutos de uma conversa qualquer. Não existe nada no livro que não possa ser objetivamente colocado em um artigo de poucas páginas, construído em uma noite de tédio.

Porta dos Fundos: para os incomodados, há a válida e democrática opção de não assistir

Porta dos Fundos: para os incomodados, há a válida e democrática opção de não assistir

Mais um fim de ano chega e, com ele, também o já tradicional especial de Natal do Porta dos Fundos. Desde 2013, o aclamado canal de vídeos produz seu debochado episódio temático, que sempre acaba se tornando ponto de partida de debates sobre os limites do humor. Em 2019, porém, a sátira parece ter causado um alarido incomum, provocando a ira de religiosos e movimentando uma corrente que propõe até mesmo a sua censura.