As 15 maiores canções da história do jazz

As 15 maiores canções da história do jazz

Os sites Jazz24 e NPR Música fizeram uma enquete mundial para eleger as melhores canções de jazz em todos os tempos. Mais de 1500 canções foram citadas por cerca de 10 mil participantes. No topo da lista aparece “Take Five”, composição escrita por Paul Desmond e apresentada pelo The Dave Brubeck Quartet, no álbum “Time Out”, de 1959. “Take Five” foi o primeiro single de jazz da história a vender 1 milhão de cópias. O segundo lugar da lista ficou com “So What”, de Miles Davis, gravada no álbum “Kind of Blue”, também de 1959. Em terceiro lugar aparece “Take The a Train”, composta por Billy Strayhorn e gravada por Duke Ellington, no álbum “Uptown”, de 1952. A cantora brasileira Astrud Gilberto aparece na 9º posição com a canção “The Girl from Ipanema”, do álbum “Getz/Gilberto”, lançado em 1964 pelo violonista brasileiro João Gilberto e pelo saxofonista americano Stan Getz, com participação especial de Tom Jobim ao piano e Astrud Gilberto nos vocais de algumas faixas.

A lista traz ainda uma galeria de lendas como Thelonious Monk, Billie Holiday, John Coltrane, Benny Goodman, Charles Mingus e Weather Report.

Take Five, Dave Brubeck (1920 — 2012)


So What, Miles Davis (1926 — 1991)

Take The A Train, Duke Ellington (1899 — 1974)

Round Midnight, Thelonious Monk (1917 — 1982)

My Favorite Things, John Coltrane (1926 — 1967)

Acknowledgement, John Coltrane (1926 — 1967)

All Blues, Miles Davis (1926 — 1991)

Birdland, Weather Report (1970 — 2006)

The Girl From Ipanema, Stan Getz & Astrud Gilberto (1927 — 1991) (1940 —)

Sing, Sing, Sing, Benny Goodman (1909 — 1986)

Strange Fruit, Billie Holiday (1915 — 1959)

A Night in Tunisia, Dizzy Gillespie (1917 — 1993)

Giant Steps, John Coltrane (1926 — 1967)

Blue Rondo a la Turk, Dave Brubeck (1920 — 2012)

Goodbye Pork Pie Hat, Charles Mingus (1922 — 1979)

10835