Quatro horas de músicas dos filmes de Stanley Kubrick

Quatro horas de músicas dos filmes de Stanley Kubrick

“Antes de Stanley Kubrick a música era usada apenas como elemento decorativo, contudo o cineasta a transformou em parte essencial e impulso intelectual dos filmes.” A avaliação é de Tony Palmer, diretor do documentário “Stanley Kubrick: A Life in Pictures” (2001), que conseguiu capturar a relação profunda entre o mestre do cinema e a música.

Além da narrativa inebriante, os grandes sucessos de Kubrick têm em comum trilhas sonoras surpreendentes, que ajudam a construir a genialidade de cenas e personagens — Sem as composições de Bartok, por exemplo, Jack Torrance seria apenas um lunático, e não um psicótico tão convincente e assustador, em “O Iluminado”.

Graças ao “Spotify Classical” é possível ter acesso às trilhas sonoras dos filmes de Kubrick para além das telas. O site compilou uma lista de reprodução no Spotify com todas as musicas clássicas utilizadas em cinco filmes do cineasta: “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968), “Laranja Mecânica” (1971), “Barry Lyndon” (1975), “O Iluminado” (1980), e “De Olhos Bem Fechados” (1999). Ao todo, são 41 faixas com quase quatro horas de duração, que foram organizadas em ordem cronológica. Para ouvir a lista é necessário ter uma conta registrada no Spotify e realizar o login. O serviço possui uma opção de assinatura gratuita.

Clique no link para acessar: Quatro horas de músicas dos filmes de Stanley Kubrick