Livros

10 livros para presentear quem não gosta de ler

10 livros para presentear quem não gosta de ler

Para os amantes da literatura, presentear amigos que não gostam de ler pode ser uma tarefa difícil. Para ajudá-los, a Revista Bula reuniu em uma lista dez ótimos livros capazes de agradar a todos, inclusive os que não têm o hábito da leitura. Todas as obras selecionadas, além de serem aclamados pela crítica, também possuem histórias envolventes e de leitura descomplicada.

Os 15 melhores livros de contos brasileiros do século 21

Os 15 melhores livros de contos brasileiros do século 21

A Revista Bula realizou uma enquete para descobrir quais são, na opinião dos leitores, os melhores livros de contos brasileiros publicados no século 21. Os 15 mais votados foram reunidos em uma lista, que traz autores de diferentes regiões do país. Foram considerados livros publicados a partir do dia 1º de janeiro de 2001, e apenas um livro por autor.

Os 15 melhores romances estrangeiros do século 21

Os 15 melhores romances estrangeiros do século 21

A Revista Bula realizou uma enquete para descobrir quais são, na opinião dos leitores, os melhores romances estrangeiros publicados no século 21. Os 15 mais votados foram reunidos em uma lista, que traz autores de diferentes nacionalidades. Foram considerados apenas os romances publicados a partir do dia 1º de janeiro de 2001, e apenas um livro por autor.

11 fatos que provam que ‘Meridiano de Sangue’ é o livro mais impactante dos últimos 50 anos

11 fatos que provam que ‘Meridiano de Sangue’ é o livro mais impactante dos últimos 50 anos

A leitura de “Meridiano de Sangue”, do escritor americano Cormac McCarthy, é uma experiência formativa. Ninguém sai de suas quase 400 páginas a mesma pessoa que entrou. Alguns podem defender que há livros mais influentes, livros mais cultuados ou de carpintaria literária mais complexa, mas certamente nenhuma obra escrita nos últimos 50 anos é mais impactante do que “Meridiano de Sangue”.

Carolina de Jesus: a história da escritora favelada que foi traduzida em 13 países

Carolina de Jesus: a história da escritora favelada que foi traduzida em 13 países

O livro “Tempo de Reportagem — Histórias Que Marcaram Época no Jornalismo Brasileiro” (Leya, 287 páginas), de Audálio Dantas, que morreu em 2018, contém verdadeiras aulas de jornalismo. Além de reportagens clássicas, típicas do jornalismo literário, mas sem a pretensão típica de Truman Capote e Tom Wolfe, há textos introdutórios sobre como foram feitas. Recomendo vivamente “A nova guerra de Canudos”, “Povo caranguejo” e “O drama da favela escrito por uma favelada”.