Livros

A fantástica história da elaboração e publicação do Dicionário Aurélio

A fantástica história da elaboração e publicação do Dicionário Aurélio

Manuel Bandeira convidou Aurélio para elaborar os “brasileirismos” das novas edições do “Pequeno Dicionário”. “Dedicava-se a buscar novas palavras, neologismos e abonações em escritores consagrados — e, a partir de 1951, como principal revisor, cuidou de fazer correções e atualizações, tarefa que conduziu até 1962.” O tradutor e crítico literário judeu húngaro Paulo Rónai passou a ajudá-lo. Aurélio queria mais. Com uma língua consolidada, falada por mais pessoas do que na ex-metrópole, Portugal, o Brasil estava à espera de um dicionário mais amplo e maduro.

Reparação, de Ian McEwan: um livro sobre a complexidade da vida, amadurecimento e perda da inocência

Reparação, de Ian McEwan: um livro sobre a complexidade da vida, amadurecimento e perda da inocência

Ver com os próprios olhos é o suficiente para sabermos a verdade sobre um acontecimento? Talvez seja essa a questão de fundo em “Reparação” (Companhia das Letras, 2001, tradução de Paulo Henrique Brito), obra do escritor inglês Ian McEwan. Quatro centenas de páginas demonstram que a resposta não é nunca tão óbvia quanto um “sim”, uma vez que a imaginação deve ser considerada; ela reage com os sentidos e influencia poderosamente nossa percepção da realidade.

Os 15 livros mais vendidos pela Amazon em 2021

Os 15 livros mais vendidos pela Amazon em 2021

Para os leitores que gostam da comodidade de comprar pela internet e receber os livros em casa, a Bula reuniu em uma lista as 15 obras mais vendidas na Amazon em 2021, que são ótimas recomendações de leitura. A seleção se baseia apenas nas obras adquiridas por meio das indicações da Revista Bula.

A obra completa de Machado de Assis para download gratuito

A obra completa de Machado de Assis para download gratuito

Machado de Assis nasceu em 21 de junho de 1839, é considerado, ao lado de Guimarães Rosa, o mais importante escritor brasileiro. Poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista e crítico literário, testemunhou a Abolição da Escravatura e a mudança política no país quando a República substituiu o Império. Morreu em 29 de setembro de 1908, aos 69 anos.

Vassili Grossman, o escritor que derrotou o comunismo

Vassili Grossman, o escritor que derrotou o comunismo

“Vida e Destino” (Alfaguara, 915 páginas, tradução de Irineu Franco Perpetuo), do escritor ucraniano Vassili Grossman (1905-1964), é o “Guerra e Paz” do século 20. A diferença é que Liev Tolstói (1828-1910) viu a edição de seu livro e ganhou o aplauso dos leitores de seu tempo. Desesperançado, Grossman morreu, aos 58 anos, sem saber se, algum dia, seu romance seria publicado. SA pesquisadora russa Alexandra Popoff decidiu escrever não um romance, mas uma alentada biografia do escritor e jornalista russo — “Vasili Grossman y el Siglo Soviético” (Crítica, 512 páginas, tradução de Gonzalo García).

1984, o livro que matou George Orwell

1984, o livro que matou George Orwell

Em 1946, o editor David Astor emprestou a George Orwell uma afastada fazenda escocesa na qual pudesse escrever seu novo livro, “1984”. O editor do semanário britânico “The Observer”, Robert McCrum, conta história da torturante estadia de Orwell na ilha onde prestes a morrer engajou-se numa corrida febril para terminar o livro. As circunstâncias que cercam o processo criativo de “1984” constroem um narrativa fantasmagórica que ajuda a explicar a desolação da distopia de Orwell.

10 livros sul-americanos para ler em um dia (ou dois)

10 livros sul-americanos para ler em um dia (ou dois)

Desafios intimistas, caracterizados por propostas feitas para superar limites pessoais, tais como esportes radicais, dentre eles, rafting, escalada, rapel, voo livre, paraquedismo, skate, só para citar diferentes modalidades, são motivos para novos encontros íntimos, de descoberta de capacidades por nós desconhecidas. É bom para quem gosta! Nem todo mundo deseja se aventurar em desafios extremos e perigosos. Existem outros ambientes — mais seguros e essencialmente distintos — que, também, promovem sensações tão estimulantes e intensas.