Livros

A história de três escritoras judias assassinadas pelo nazismo

A história de três escritoras judias assassinadas pelo nazismo

“Neste gênero triste, que não deveria ter existido — a literatura do Holocausto —, prevalecem os grandes nomes, de homens, que se repetem de modo automático: Primo Levi, Elis Wiesel, Paul Celan e Imre Kertész… O único nome de mulher é o de Hannah Arendt, mas ela não passou pela perseguição cotidiana nem pelos campos de concentração — é uma pensadora”, sublinha a autora. A pesquisa é “uma homenagem a todas essas mulheres intelectuais de um grandíssimo nível”.

A fantástica história da Livraria Cultura

A fantástica história da Livraria Cultura

Pode-se dizer que um livro é um objeto delicioso? Creio que sim. É o caso de “O Livreiro” (Planeta, 218 páginas), de Pedro Herz, o empresário que dirige a Livraria Cultura — talvez a melhor do Brasil. Trata-se de um pequeno tesouro. Pedro Herz, de 77 anos, conta como surgiu a livraria, que tem 70 anos, e como está se processando a sua modernização. A rede conta com 17 lojas, 1,5 mil funcionários, 5 milhões de clientes e 9 milhões de produtos.

Jurado de morte, Roberto Saviano lança novo livro e afirma que Itália é um país cruel

Jurado de morte, Roberto Saviano lança novo livro e afirma que Itália é um país cruel

Na Itália é assim: parte dos principais mafiosos está presa, parte está livre — com negócios ilegais, como o tráfico de drogas e extorsão, e legais, como investimentos financeiros e imobiliários-construção civil — e Roberto Saviano, de 38 anos, é uma espécie de homem que vive livre e, ao mesmo tempo, é prisioneiro. A Camorra, a máfia de Nápoles, o condenou à morte. O escritor e jornalista é protegido, dia e noite, por sete carabinieri (policiais).

Os 10 últimos livros vencedores do Pulitzer

Os 10 últimos livros vencedores do Pulitzer

Desde 1917, o Pulitzer concede prêmios a jornalistas, escritores, artistas e fotógrafos pela excelência de seus trabalhos. A premiação, considerada uma das mais importantes do mundo, é anual e se divide em 21 categorias. Uma delas é dedica a romances que se destacaram pela qualidade estética e também pela importância simbólica. A Bula reuniu em uma lista as últimas dez obras ganhadoras do Pulitzer na categoria.

25 livros que são diamantes para o cérebro de crianças e adolescentes

25 livros que são diamantes para o cérebro de crianças e adolescentes

Bons livros para crianças e adolescentes — a chamada literatura infanto-juvenil — são eternos e, mais, podem ser lidos por adultos com igual prazer. Muitos livros, mesmo de qualidade mediana, se tornaram clássicos. As obras de Monteiro Lobato, Alexandre Dumas, Irmãos Grimm, Ruth Rocha, Lygia Bojunga, Ana Maria Machado, H. C. Andersen não morrem jamais. São para sempre. “Meninos da Rua Paulo”, de Ferenc Mólnar, para ficar num exemplo, é um clássico universal e atemporal.

10 curiosidades inusitadas sobre a Literatura Brasileira

10 curiosidades inusitadas sobre a Literatura Brasileira

A Bula reuniu em uma lista dez curiosidades inusitadas sobre a Literatura Brasileira, do período colonial à literatura contemporânea. As informações foram retiradas do livro “História Bizarra da Literatura Brasileira” (2017), do jornalista Marcel Verrumo. O autor realizou uma extensa pesquisa em documentos, jornais e artigos acadêmicos, da qual conseguiu extrair acontecimentos curiosos e pouco difundidos sobre a vida dos grandes escritores nacionais e suas obras.

A você, hipócrita leitor, meu igual, meu irmão (por supuesto!)

A você, hipócrita leitor, meu igual, meu irmão (por supuesto!)

Há algo de muito íntimo em receber um livro com dedicatória: nestes tempos dominados pelo computador e pela pressa, ler algo escrito de próprio punho por pessoa que se estima pode ser uma experiência rara e emocionante. E há sempre o prazer de tentar descobrir novos significados naquilo que a aparente simplicidade das palavras pode ocultar por tartufice.