Quatro horas de músicas dos filmes de Stanley Kubrick

Quatro horas de músicas dos filmes de Stanley Kubrick

O site “Spotify Classical” compilou uma lista de reprodução no Spotify com todas as musicas clássicas utilizadas em cinco filmes do cineasta: “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968), “Laranja Mecânica” (1971), “Barry Lyndon” (1975), “O Iluminado” (1980), e “De Olhos Bem Fechados” (1999). Ao todo, a playlist reúne 38 faixas, que juntas somam quase quatro horas de duração.

Pequenos atos de amor são fundamentais para tornar o mundo  um lugar melhor para se viver

Pequenos atos de amor são fundamentais para tornar o mundo um lugar melhor para se viver

Qualquer coisa serve. Qualquer coisa de mais simples já serve. Qualquer pequeno ato impagável, de alguém por outro alguém, como pagar um almoço para quem tem fome, já servirá. Qualquer mínima atitude que releve a tradicional má fama do ser humano terá valia. Recaídas de ternura; como eu, por exemplo, aqui e agora. Apagar um foco de incêndio. Acender o brilho no olhar de um ser desencantado.

As 100 melhores músicas dos Rolling Stones

As 100 melhores músicas dos Rolling Stones

A revista americana “Rolling Stone” publicou uma seleção com as 100 melhores músicas da banda de rock homônima. A lista foi criada a partir da classificação de críticos, jornalistas, editores e especialistas da revista, que escolheram individualmente as 50 canções mais memoráveis do grupo. Em seguida, a revista tabulou e organizou os resultados, enumerando as 100 mais votadas em um ranking final.

Sossegue: o amor é isso mesmo que você está vendo

Sossegue: o amor é isso mesmo que você está vendo

Ocorre que o amor que dá certo traz em si a sua própria semente de destruição: acostumamo-nos com ele justamente porque as engrenagens se encaixam. O todo caleidoscópico de pequenas peças passa a fazer sentido, ficamos de certo modo anestesiados com a maquinaria em perfeito funcionamento, donde o amor, satisfeito, domado, acalentado, parece então acabar.

A história por trás das canções de Tom Jobim

A história por trás das canções de Tom Jobim

Para comentar o livro “Histórias de Canções: Tom Jobim”, de Luiz Roberto Oliveira e Wagner Homem (Casa da Palavra, 320 páginas) da faz-se necessário um preâmbulo: Tom nasceu pelas mãos do mesmo obstetra que dez anos antes trouxe ao mundo Noel Rosa. Órfão de pai aos oito anos, teve no padrasto seu maior incentivador musical, embora já vivesse em uma família recheada de músicos. Na adolescência, encantou-se com a música e teve como principal companheiro o violão, além do mar e do mato.

Os 100 filmes mais engraçados de todos os tempos, segundo 253 críticos

Os 100 filmes mais engraçados de todos os tempos, segundo 253 críticos

A BBC Cultura publicou uma lista com os 100 filmes mais engraçados de todos os tempos. A seleção foi realizada por 253 críticos — 118 mulheres e 135 homens —, de 53 países. Os títulos escolhidos poderiam ser de qualquer período desde a invenção do cinema, sem restrição de formato ou gênero. Por isso, o resultado foi bastante diverso, demonstrando que não são apenas as “comédias pastelão” que fazem rir.

50 livros fundamentais, de acordo com Lev Tolstói

50 livros fundamentais, de acordo com Lev Tolstói

A pedido de uma editora russa, Lev Tolstói listou em 1891, aos 63 anos, os livros que mais o influenciaram. No total, o autor selecionou 50 livros, divididos de acordo com cinco períodos da vida, que contemplam faixas etárias da infância à velhice. Os títulos são bastante diversos, estendendo-se além do campo literário.