Autor: Angelica Lino

Fascínio e culpa moldam personagem irresistível de Magda Szabó, em A Porta

Fascínio e culpa moldam personagem irresistível de Magda Szabó, em A Porta

Enquanto folheava o catálogo de clássicos esquecidos de uma pequena editora em Paris, o editor italiano Roberto Calasso (1941-2021) encontrou um nome do qual jamais se esqueceria. Ele começou a ler o romance “Rebeldes’’ e percebeu que estava diante daquelas descobertas raras, a grande sorte dos editores. Após 50 anos de vácuo editorial, o autor húngaro Sándor Márai foi colocado no seu devido lugar, ao lado de Joseph Roth, Musil, Thomas Mann e Kafka.

Meu Ano de Descanso e Relaxamento, de Ottessa Moshfegh

Meu Ano de Descanso e Relaxamento, de Ottessa Moshfegh

Em tempos apressados como o nosso, há diversas fórmulas para desacelerar a vida e retomar o fôlego necessário para encará-la. Alguns recorrem a retiros espirituais numa cidadezinha com menos de dois mil habitantes, outros vão à Tailândia se reconectarem com o “eu interior” e uns apostam na boa e velha garrafa de vinho.

João Mohana: o magistral escritor que o Brasil esqueceu

João Mohana: o magistral escritor que o Brasil esqueceu

As chances de você conhecer um escritor que já ocupou o posto entre os mais lidos do Brasil, assinou uma extensa produção literária com mais de 40 títulos e teve o romance de estreia premiado pela Academia Brasileira de Letras são altas. Mas, ironicamente, quando o seu nome vem à tona, a primeira reação é o desconhecimento.

2021 é o nosso Ano do Pensamento Mágico?

2021 é o nosso Ano do Pensamento Mágico?

Em 2020, quando a pandemia começou, a universalidade do luto se impôs como uma nuvem densa que estaciona sobre os continentes. Mas, se nas linhas gerais, o luto é universal, ele se endereça de diversas maneiras quando mesclado às miudezas da vida pessoal.