A arte brasileira é tão boa quanto a de qualquer outro país

A arte brasileira é tão boa quanto a de qualquer outro país

Mas afinal: a arte de alguns países é melhor do que a arte de outros? O que parece ser uma pergunta tola pode revelar muito sobre a maneira com que os mecanismos ideológicos do circuito cultural funcionam, e para tais circuitos a resposta implícita em seu modus operandi é sim. Sabemos de antemão que, como em outros casos, pretende-se que haja uma arte de centro e uma arte de periferia.

Considerado o melhor suspense da história e um filme quase perfeito, clássico do cinema pode ser visto de graça no streaming

Considerado o melhor suspense da história e um filme quase perfeito, clássico do cinema pode ser visto de graça no streaming

Falando de sentimentos os mais contraditórios na natureza humana, Carol Reed compõe um retrato emocional e frio da sociedade após a Segunda Guerra Mundial em “O Terceiro Homem”, que se vale da pena certeira de Graham Greene a fim de explorar temas como lealdade, deslealdade, paixão, cobiça, amor, ódio. Pleno de trechos que entraram para a história do cinema, o filme ainda é um dos mais importantes da sétima arte, malgrado não seja tão conhecido como deveria.

O filme que vai melhorar sua semana

O filme que vai melhorar sua semana

Com “Bonecas Russas”, segunda parte da trilogia iniciada com “O Albergue Espanhol” (2002) e encerrada com “O Enigma Chinês” (2013), Cédric Klapisch se alonga sobre o amor nos tempos do ódio. Comédia que mescla elementos de drama e romance com correção, o filme do diretor francês expõe as dificuldades de amar e se permitir amar, argumento que poderia ser mais bem executado se se abstivesse de algumas saídas fáceis para o desfecho róseo.

Acervo completo da revista National Geographic com acesso gratuito

Acervo completo da revista National Geographic com acesso gratuito

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) disponibilizou, gratuitamente, o acervo online completo da revista National Geographic. A publicação, que teve sua primeira edição publicada em 1888, é reconhecida mundialmente pela qualidade em fotojornalismo e cartografia, oferecendo uma cobertura aprofundada em diferentes temas ligados à ciência e ecologia.