Já que a vida não para, jogue a paciência no lixo

Já que a vida não para, jogue a paciência no lixo

Alguém já arriscou equivaler a paciência à força motriz de realizações. Prima-irmã da determinação. Enteada da teimosia. Alicerce de construções esmeradas. Sem ela, aliás, qualquer ensejo de virtuosismo se perde. Conquistar a primazia de atuar como primeiro violino de uma orquestra. O pianista aclamado em plateias universais. O talentoso arquiteto de suaves jardins orientais. Porém urge não confundir a paciência com a espera. A segunda é passiva, inerte, quase resignada. Embora afirmem que quem espera sempre alcança.

Quando eu morrer toquem o Álbum Branco dos Beatles

Quando eu morrer toquem o Álbum Branco dos Beatles

O desconhecimento de um ser pelo outro é ainda mais aviltante nos dias de hoje, em que as pessoas não estão atentas ao que se diz, ao que se sente, fazendo com que muitas informações diárias relevantes se percam pelo caminho, na roda-viva das grandes cidades, na correria urbana desenfreada na qual o trabalho e a busca pela redenção financeira estão acima das relações humanas mais primárias como, por exemplo, tomar um pingado num copo americano sujo de batom, enquanto se observa a vida passar pelas calçadas.

Uma carta de Mário de Andrade para Carlos Drummond

Uma carta de Mário de Andrade para Carlos Drummond

“Toda a minha obra é transitória e educada, eu sei. E eu quero que ela seja transitória. Com a inteligência não pequena que Deus me deu e com os meus estudos, tenho a certeza de que eu poderia fazer uma obra mais ou menos duradoura. Mas que me importam a eternidade entre os homens da terra e a celebridade? Mando-as à merda. Eu não amo o Brasil espiritualmente mais que a França ou a Cochinchina. Mas é no Brasil que me acontece viver e agora só no Brasil eu penso e por ele tudo sacrifiquei.”

Toda autoridade pública deveria ter amante

Toda autoridade pública deveria ter amante

Amante é mais do que qualquer procuradoria ou controladoria; é uma espécie de achadoria combinada com delatoria. Sem contar que o camarada quando tem amante fica mais cauteloso. Evita praticar certos golpes contra a administração pública porque sabe que a amante está de olho full time. Mas se o tal agente mete a mão no erário assim mesmo, a amante logo vai reivindicar o quinhão de que ela se acha no direito. E vai reivindicar numa proporção maior do que o agente acha razoável.

As últimas palavras de 13 grandes escritores

As últimas palavras de 13 grandes escritores

Prestes a morrer, as pessoas quase sempre dizem algumas palavras, às vezes com clareza, outras vezes de maneira desconexa. O jornal “ABC”, de Madri, publicou as últimas palavras de 13 grandes escritores. Autor de “Walden” (muito bem traduzido para o português por Denise Bottmann), Henry Thoreau, o “pai” da desobediência civil, disse “alce” e “índio”, mas sem apresentar um mínimo de contexto. Considerando que era apaixonado pela natureza, suas palavras certamente têm a ver com aquilo que apreciava e/ou admirava.

As 15 melhores fotografias brasileiras publicadas no Instagram em 2013

As 15 melhores fotografias brasileiras publicadas no Instagram em 2013

Entre os dias 1 de agosto e 8 de novembro pedimos aos leitores, colaboradores, seguidores do Twitter, Facebook e Instagram que apontassem quais são as melhores fotografias brasileiras publicadas no Instagram durante o ano 2013. A partir da indicação dos convidados foi elaborada uma lista sintetizando a opinião dos participantes. Discutível como qualquer lista de melhores, esta também não pretende ser abrangente e reflete apenas a opinião dos participantes da enquete.

Nós e nossa grandiosa capacidade de supervalorizar ninharias

Nós e nossa grandiosa capacidade de supervalorizar ninharias

O universo que o perdoe, mas agora ele quer vingança. Desforra. Castigo. Retaliação. Isso não vai ficar assim. Mas não vai mesmo. Você não sabe com quem mexeu. Agora ele vai até o fim. Enquanto não varrer a sua raça do universo, ele não terá um só instante de descanso. Machucado no fundo da alma, ele sofre por não ter nascido de sangue frio e colhões em chamas. Tivesse o mínimo de coragem e um pouco mais de força, avançaria sozinho contra você, como um rinoceronte furioso, de sangue nos olhos e veneno nos chifres. E esfregaria no asfalto a sua cara lavada e sem vergonha.