30 filmes clássicos para morrer antes de ver

30 filmes clássicos para morrer antes de ver

Nos meses de junho, julho e agosto de 2013 pedimos a colaboradores, leitores e seguidores, que apontassem, entre filmes clássicos de diretores brasileiros ou estrangeiros, quais eram os piores que haviam visto ou pelo menos tentado ver. Mais de 500 votos foram computados. A partir das respostas, foi elaborada uma lista sintetizando a opinião dos participantes. Diferentemente da lista anterior, nesta foram selecionados apenas filmes considerados clássicos e somente um por diretor — aquele que obteve o maior número de citações.

O maior acervo cultural e científico do mundo

O maior acervo cultural e científico do mundo

A Europeana é o maior acervo cultural e científico on-line do mundo. São 30 milhões de itens, entre imagens, pinturas, desenhos, mapas, fotos, livros, jornais, cartas, diários, vídeos e áudios. Alguns itens e tópicos são mundialmente famosos, como os desenhos de Leonardo da Vinci, as pinturas de Vermeer, e a primeira edição do livro de Isaac Newton “Princípios Matemáticos da Filosofia Natural”, escrito em 1687, sobre as leis do movimento dos corpos.

Clarice Lispector entrevista Pablo Neruda

Clarice Lispector entrevista Pablo Neruda

“Neruda é extremamente simpático, sobretudo quando usa o seu boné. Não brinca porém em serviço: disse-me que se me desse a entrevista naquela noite mesma só responderia a três perguntas, mas se no dia seguinte de manhã eu quisesse falar com ele, responderia a maior número. E pediu para ver as perguntas que eu iria fazer. Inteiramente sem confiança em mim mesma, dei-lhe a página onde anotara as perguntas, esperando Deus sabe o quê. Mas o quê foi um conforto. Disse-me que eram muito boas e que me esperaria no dia seguinte.”

As 20 melhores páginas (brasileiras) do Facebook em 2013

As 20 melhores páginas (brasileiras) do Facebook em 2013

No meses de agosto e setembro, pedimos a colaboradores, leitores e seguidores, que apontassem, quais eram as melhores páginas (brasileiras) do Facebook no ano de 2013. Mais de 1200 votos foram computados. A partir das respostas, foi elaborada uma lista sintetizando a opinião dos participantes. O resultado, que não pretende ser abrangente ou definitivo, contempla os mais díspares perfis e tendências — notícias, esporte, ativismo, design, sustentabilidade, humor, literatura, comércio e variedades.

Fernando Pessoa, empregado de escritório

Fernando Pessoa, empregado de escritório

Para aqueles que hoje medem a importância de um homem pelo saldo de sua conta bancária, decididamente, Fernando Pessoa não teria sido alguém que pudesse dar lições de empreendedorismo ou organização comercial. Nem mesmo ânimo — ou, quem sabe, maiores recursos financeiros — teve para estudar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, quando retornou de sua temporada africana, como pretendia. Talvez tivesse tido uma boa carreira como professor, se houvesse primeiro superado a timidez, o que nunca fez.

O operário que cruzou os braços diante de Hitler

O operário que cruzou os braços diante de Hitler

Não é fácil resistir ao poderio de uma ditadura popular… como a nazista. Pois um trabalhador solitário, August Landmesserm, decidiu desafiar o totalitarismo do regime de Adolf Hitler. Em 1936, em Hamburgo, numa solenidade, enquanto todos saudaram o Führer, Landmesserm cruzou os braços. A fotografia mostra todos ovacionando Hitler, com a tradicional saudação com o braço direito levantado, mas, exibindo com muita coragem sua objeção de consciência, Landmesserm permanece impassível, com os braços cruzados.