As 12 melhores plataformas para publicação de livros

As 12 melhores plataformas para publicação de livros

Da criação dos tipos móveis de Gutenberg às incursões corriqueiras ao universo da leitura na internet, muitos aspirantes a escritor ainda encaram como gigante, para não dizer hercúleo, o desafio que surge uma vez escrita a obra: finalmente publicar o próprio livro. Porém, diferentemente do distante século 15, ter hoje seu trabalho editado em diferentes plataformas e com imenso potencial de alcance tornou-se fácil, intuitivo e, o que é melhor, gratuito. A Revista Bula pesquisou e testou mais de quarenta plataformas disponíveis em todo o mundo — algumas desenvolvidas no Brasil —, como também aplicativos criados especialmente para uso mobile.

Viver é uma espécie de loucura que a morte faz

Viver é uma espécie de loucura que a morte faz

A vida, porém, é inexorável e não espera a dor passar, ela segue em frente. Ela muda de estações mesmo quando ainda não estamos prontos. É como sentir frio no verão, ou ficar triste enquanto os outros festejam. Porém, mesmo que você esteja sofrendo, ainda é preciso trabalhar, pagar contas, ser cidadão de si mesmo e do mundo. O mais difícil não é tocar os dias, incrivelmente o ser humano se adapta. Mas chega uma hora em que percebemos como o tempo está passando cada vez mais rápido; enquanto feridas demoram a cicatrizar e galhos secos insistem em não caírem.

626
Fernando Pessoa, empregado de escritório

Fernando Pessoa, empregado de escritório

Para aqueles que hoje medem a importância de um homem pelo saldo de sua conta bancária, decididamente, Fernando Pessoa não teria sido alguém que pudesse dar lições de empreendedorismo ou organização comercial. Nem mesmo ânimo — ou, quem sabe, maiores recursos financeiros — teve para estudar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, quando retornou de sua temporada africana, como pretendia. Talvez tivesse tido uma boa carreira como professor, se houvesse primeiro superado a timidez, o que nunca fez.

Meus encontros com Kafka

Meus encontros com Kafka

O romancista de “O Processo” é, para alguns, o satírico que zombou da burocracia austríaca; e para outros o profeta das contradições e do fim apocalíptico da sociedade burguesa; e para mais outros o porta-voz da angústia religiosa desta época; e para mais outros o inapelável juiz da fraqueza moral do gênero humano e do nosso tempo; e para mais outros um exemplo interessante do Complexo de Édipo, etc., etc., etc. Tudo, em torno de Kafka, é equívoco. Equívoco também foi aquele meu primeiro encontro com ele.

10 atitudes típicas de um viciado em livros

10 atitudes típicas de um viciado em livros

Quanto mais se fala no fim do livro físico, mais aumenta o número de aficionados por livros. A dependência literária chega a ponto de causar síndrome de abstinência e leva o compulsivo a tomar atitudes estranhas, só para criar oportunidades de ficar mais tempo junto a seu objeto de desejos. Em tom de brincadeira, mas baseado em situações reais, foram alinhadas dez atitudes típicas de pessoas realmente viciadas em livros. Se você se enquadrar em seis itens ou mais, já é um caso grave da síndrome e precisa se internar numa clínica detox para bibliomaníacos.

O misterioso mundo secreto das mulheres solteiras

O misterioso mundo secreto das mulheres solteiras

É que às vezes a vida fica confusa. As emoções andam em zigue-zague da clareza da alma ao ponto mais negro da sombra do coração. Porque somos seres de sentimentos opostos, ao mesmo tempo em que queremos algo, temos medo. Dizemos ‘não’ querendo dizer ‘sim’. E quando não queremos tal coisa, às vezes, somos obrigados a fazê-la.

Os 100 melhores filmes de todos os tempos, segundo os leitores da Revista Bula

Os 100 melhores filmes de todos os tempos, segundo os leitores da Revista Bula

Para se chegar ao resultado fizemos nove enquetes (em períodos diferentes) com a mesma pergunta: Qual o melhor filme de todos os tempos? Treze mil participantes — leitores, seguidores do Facebook e Twitter — responderam a pergunta. Obviamente que listas são sempre incompletas, idiossincráticas. Sabe-se que, como a percepção, a opinião — que foi a base de todas as listas —, é algo individual. O resultado não pretende ser abrangente ou definitivo e corresponde apenas à opinião das pessoas consultadas.

22927