10 livros essenciais, de acordo com Roberto Saviano

10 livros essenciais, de acordo com Roberto Saviano

O escritor, jornalista e ensaísta italiano Roberto Saviano publicou uma seleção com dez livros que considera essenciais. A maior parte das obras discute as mazelas da existência humana de maneira crua e sem rodeios. Em suas redes sociais, Saviano justificou a escolha: “Procuro livros que me ponham em perigo, não palavras que me assobiam que tudo vai correr bem”, escreveu. De acordo com ele, a seleção, que inclui livros como “Vida e Destino” (2014), de Vasily Grossman; e “Antes que Anoiteça” (2009), de Reinaldo Arenas; reúne alguns dos livros que são “as melhores lanternas para atravessar a noite”.

Roberto Saviano nasceu em 1979 em Nápoles, Itália, estreou na literatura em 2006, quando lançou “Gomorra”, que descortina as atividades da Camorra napolitana, uma das máfias mais temidas e violentas do mundo. O livro vendeu mais milhões de cópias em 50 países. Desde então, “o escritor e jornalista é protegido, dia e noite, por sete carabinieri (policiais). Sua vida social é praticamente nula”.