Autor: Isadora Vilela

Eu, Tituba: Bruxa Negra de Salem, de Maryse Condé

Eu, Tituba: Bruxa Negra de Salem, de Maryse Condé

A narrativa reconta um dos episódios mais presentes no imaginário popular, os julgamentos das Bruxas de Salem. A genialidade do enredo está no fato de que a escritora caribenha, Maryse Condé, recriou todo esse universo sob a perspectiva de uma das mulheres condenadas, a negra escravizada Tituba. Importante dizer que essa personagem existiu de fato, porém, sua figura foi praticamente ignorada pelos registros da época.