O álbum perdido de John Coltrane

O álbum perdido de John Coltrane

Um álbum inédito da lenda do jazz John Coltrane foi encontrado pela família da primeira esposa do músico, Juanita Naima Coltrane, na casa em que o casal vivia, nos Estados Unidos. Intitulado “Both Directions at Once”, o álbum estava perdido há mais de 50 anos. As faixas incluem temas gravados em 1963 pelo quarteto clássico de Coltrone —, formado com Jimmy Garrison, Elvin Jones e McCoy Tyner —, em um estúdio em Nova Jersey. À época, o material foi descartado pela gravadora responsável, Impulse!

O álbum inclui 14 faixas, sete na versão comum e sete na versão de luxo. São elas: duas originais inéditas sem nome, identificadas pelos números “11383” e “11386, com dois takes cada; duas versões de estúdio de “One Up, One Down”; as primeiras gravações de “Nature Boy” e “SlowBlues”; duas versões de “Vilia”; e quatro versões de “Impressions”. Todas as canções foram reunidas em uma playlist no Spotify. Para ouvi-la é necessário possuir registro e realizar login. O serviço possui uma opção de assinatura gratuita.

Coltrane é considerado o maior sax tenor do jazz e um dos maiores compositores do gênero de todos os tempos. O seu contato com a música iniciou-se ainda na adolescência, quando o artista aprendeu a tocar clarinete na banda da escola. Em seguida, ele se interessou pelo saxofone, que o consagrou na carreira musical. Antes do sucesso, John participou de diferentes grupos musicais, como o Joe Webb e a King Kolax Band, com o saxofonista Charlie Parker. A partir de 1955, integrando o quinteto com Miles Davis, ele se consolidou como uma lenda.

Clique no link para ouvir: O álbum perdido de John Coltrane