As 50 palavras mais engraçadas da língua portuguesa

As 50 palavras mais engraçadas da língua portuguesa

Roteirista, escritor, diretor e um dos maiores humoristas brasileiros de todos os tempos, Max Nunes sempre foi conhecido por sua irreverência. Nem mesmo os fatos mais comuns do cotidiano passavam desapercebidos por ele. Formado em medicina, a sua primeira vez na televisão foi em 1962, quando escreveu os programas “My Fair Show” e “Times Square”, na extinta TV Excelsior. Anos depois, ele produziu e dirigiu também os programas da Rede Globo: “Bairro Feliz” (1965), “Riso Sinal Aberto” (1967), “TV Pirata” (1983) e “Casseta & Planeta, Urgente!” (1992).

No entanto, a sua relação com as palavras começou muito antes. Em 1958, quando escrevia para jornais e rádios, a língua portuguesa por si só já despertava o bom humor de Max. À época, ele pediu a personalidades do teatro, literatura e televisão que escolhessem as palavras mais engraçadas do idioma. Uma das mais citadas foi “perereca”, no entanto também houve espaço para outras dezenas, como “arapuca”, “balofo”, “biruta” e “xereta”. A Bula compilou as principais delas e as reuniu em uma lista. O conteúdo foi extraído do livro “Uma Pulga na Camisola” (1996), da editora Companhia das Letras, que reúne textos criados pelo humorista para veículos de comunicação entre os anos 1950 e final dos anos 90.

Arapuca

Bagulho

Balacobaco

Balofo

Beiçola

Biruta

Bombachas

Caçarola

Caxinguelê

Chinfrim

Esculacho

Espiroqueta

Faniquito

Fuinha

Gaiato

Garrincha

Goela

Gogó

Jururu

Lambão

Linguiça

Macacão

Maçaroca

Mixuruca

Pamonha

Patusco

Pelanca

Perereca

Peteleco

Quiproquó

Rapapé

Sacripanta

Sopapo

Supimpa

Tanajura

Tiririca

Trambolho

Treco

Trombone

Tutu

Umbigo

Urucubaca

Vitrola

Xaveco

Xereta

Xexelento

Zarolho

Zebroide

Zebu

Zureta