Autor: Ademir Luiz

O primeiro Nobel brasileiro a gente nunca esquece

O primeiro Nobel brasileiro a gente nunca esquece

Finalmente, acabou o tabu! Depois que Leonardo DiCaprio ganhou o Oscar de Melhor Ator, o Corinthians venceu um Mundial de verdade, a Seleção Brasileira ganhou a Medalha de Ouro Olímpica, finalmente, o Brasil foi laureado com um Prêmio Nobel de Literatura. Os suecos esnobaram Jorge de Lima, Ferreira Gullar, Jorge Amado, Cabral, Rosa e Drummond, mas não conseguiram resistir às brochadas literárias de Jacques Fux.

50 frases de Drummond para carregar no bolso

50 frases de Drummond para carregar no bolso

A vida do poeta interplanetário Carlos Drummond de Andrade, nascido sob a proteção de um anjo torto na cidadezinha mineira de Itabira, de besta não teve nada. Além de ter colocado uma pedra no caminho (e no sapato) de muitos poetas municipais (e de bairro) Brasil afora, Drummond foi contista, cronista e um frasista de abalar a máquina do mundo. A Revista Bula selecionou 50 das mais belas, instigantes e provocadoras frases do mestre.

Disney colocou o Pateta no comando de Star Wars

Disney colocou o Pateta no comando de Star Wars

Aparentemente, ninguém está no comando da nave chamada franquia Star Wars. Ou será que desde que a Disney comprou a Lucas Film o comando foi entregue secretamente para o Pateta? Alguns pensam que a produtora Kathleen Kennedy é uma mão firme no leme, mas parece que a moça está ocupada demais contando dinheiro para se preocupar com bobagens como respeito à mitologia, consistência narrativa e mesmo o mais simples e pueril senso de continuidade.

Confissões pornô épicas de Reinaldo Moraes

Confissões pornô épicas de Reinaldo Moraes

Para alguns Reinaldo Moraes é o Homero com quatro olhos, para outros é uma mistura de Vinicius de Moraes com Jesse Valadão. Mas uma coisa é certa: a vida do homem é uma epopeia, ou melhor, uma “Pauliceia Desvairada”. Jogou um “Tanto Faz” no biquinho dos franceses para depois ir descascar um “Abacaxi” na Grande Maçã. De volta ao Brasil, tirou a célebre fotografia da capa do disco “Todos os Olhos”, de Tom Zé, namorou a poeta cult Ana Cristina César, escreveu novelas em parceria com Mário Prata, apresentou programas de rádio, traduziu Burroughs, Bukowski, Pynchon, Cocteau e Edmund White.

Jacques Fux para maiores

Jacques Fux para maiores

O escritor Marcel Proust gostava de jogar uma brincadeira de salão chamada “Confissões”, onde os participantes respondiam perguntas pessoais. Em sua homenagem, hoje o jogo ficou conhecido como “Questionário Proust”. Para os íntimos “bate bola”. Mas, por conta do perfil do entrevistado de hoje, evitaremos usar essa expressão.

Os 10 maiores super-heróis dos quadrinhos

Os 10 maiores super-heróis dos quadrinhos

Não se trata de uma competição de poderes, honestidade ou cartel de crimes solucionados. Os critérios foram baseados fundamentalmente em importância histórica, popularidade e influência. Infelizmente, ficaram de fora personagens célebres como Lanterna Verde, relevantes como Pantera Negra, complexos como Surfista Prateado e mesmo protagonistas de histórias clássicas como Demolidor.