20 insultos literários

20 insultos literários

A literatura é um terreno fértil para intrigas. Não foram poucas as vezes que nomes consagrados deixaram a elegância de lado e alfinetaram colegas de ofício. Pequenas declarações se transformaram em polêmicas gigantes e inimizades eternas. Neste post, publico uma seleção de insultos literários. A lista compila “grosserias” de escritores de díspares perfis, nacionalidades e épocas. Na seleção aparecem escritores canonizados como William Faulkner, Ernest Hemingway, Virginia Woolf, Gore Vidal, Oscar Wilde, Truman Capote, Nietzsche e Henry James. Em comum entre eles, o fato de um dia, por mera provocação, impulso, raiva, terem externado suas opiniões pouco elegantes sobre seus companheiros de ofício.

As 30 falas mais populares da história do cinema

As 30 falas mais populares da história do cinema

Em 2007, a revista norte-americana “Premiere” publicou uma lista com as 100 falas mais populares da história do cinema. Em 2009, foi a vez da britânica “Empire” publicar sua versão da lista. Em 2013, o site americano IMDb realizou uma enquete com leitores que também elegeu as 100 melhores frases do cinema em todos os tempos. Fizemos uma compilação das três listas e tiramos delas as 30 frases mais citadas. A compilação está publicada na ordem decrescente, de 30ª à 1ª, com uma tradução aproximada, já que o contexto em que as falas foram ditas determina em muito o seu significado, sobretudo para as que têm duplo sentido.

3417
Os 48 melhores frasistas do Twitter

Os 48 melhores frasistas do Twitter

Durante o mês de março e a primeira quinzena de abril, pedimos a colaboradores, leitores e seguidores que enviassem sugestões sobre os melhores frasistas do Twitter. 716 participantes sugeriram 348 nomes, desses, 45 obtiveram mais de 20 citações. Discutível como qualquer lista de melhores, esta também não pretende ser abrangente e reflete apenas a opinião dos participantes da enquete.

600
29 aforismos de Paulo Francis

29 aforismos de Paulo Francis

Publico nesta edição uma seleção de 30 frases célebres do jornalista, crítico de teatro e escritor brasileiro Paulo Francis. As frases revelam o olhar preciso e ferino de Paulo Francis sobre temas como ecologia, política, religião, literatura e cinema. Paulo Francis notabilizou-se,  no fim da década de 1950, como crítico de teatro do jornal “Diário Carioca”. Após o golpe de 1964, trabalhou no semanário “O Pasquim” e no jornal “Tribuna da Imprensa”, comentando assuntos internacionais.