Autor: Tadeu Braga

Os 100 livros que mais influenciaram a humanidade

Os 100 livros que mais influenciaram a humanidade

Diferente de diversas listas já feitas sobre “melhores livros”, “maiores escritores”, “livros mais populares”, o britânico Martin Seymour-Smith, poeta, crítico literário e biógrafo, decidiu pesquisar os livros que mais exerceram influência sobre a humanidade em toda sua história. Listados em ordem cronológica, Martin preferiu não entrar na polêmica de afirmar que tal livro foi mais influente que outro.

21 frases impagáveis de Charles Bukowski

21 frases impagáveis de Charles Bukowski

Mais do que um grande escritor, um filósofo na prática, um vagabundo, um gênio, um bêbado imundo, um poeta angelical, um homem amado e um homem odiado. Entre relacionamentos intensos de pouco sentimento, entre empregos enfadonhos e recusas frequentes, entre sentimentos antigos de ódio e parricídio, entre um gole e outro. Entre um gole e outro, Charles Bukowski transformava sua vida turbulenta em arte, suas tragédias em comédias e seus fracassos em sucessos.

10 livros para idiotas

10 livros para idiotas

Está enganado quem acha que idiotas não leem. A verdade é que boa parte da literatura está voltada para eles, que tratam de transformar autores sem talento em multimilionários. Acontece desde antes do tempo em que seu bisavô era criança. Antes disso, Schopenhauer já dizia que “quem escreve para os tolos encontra sempre um grande público”. Também é notado que não só os livros ruins conseguem leitores idiotas. Clássicos da literatura, alguns dos livros mais brilhantes já escritos, também carregam esse fardo por um motivo ou outro. Nesta lista, elejo os dez maiores livros para idiotas, que chamam de burro quem fala “indiota”, mas citam “Harry Potter” como um dos melhores livros já escritos na história.