Autor: Paulo Lima

Quatro novidades do mercado editorial que todo leitor precisa conhecer

Quatro novidades do mercado editorial que todo leitor precisa conhecer

Ptolomeu queria reunir todos os papiros escritos em sua Biblioteca de Alexandria. Gutenberg aposentou a pena e possibilitou a reprodução dos livros. Steve Jobs queria obsoletar o papel e colocar a Biblioteca de Alexandria no bolso. Grandes ou pequenas inovações que mudam a vida dos leitores surgem de tempos em tempos — selecionamos quatro recentes novidades que você não pode deixar de conhecer!

9086
On the Road, o livro que inventou uma geração

On the Road, o livro que inventou uma geração

A literatura universal é pródiga em brindar a humanidade com obras que são verdadeiros divisores de águas. Mas, destas, só algumas podem ser classificadas como seminais. Este espaço é para relatar uma experiência fascinante aos olhos do leitor amadurecido: a publicação em meados do século 20 do seminal “On the Road”, segundo romance de Jack Kerouac. O livro que influenciou de Bob Dylan a Jim Morrison, passando por Charles Bukowski, Lou Reed, Win Wenders.

Ler romances faz viver mais e melhor. Palavra da Universidade de Yale

Ler romances faz viver mais e melhor. Palavra da Universidade de Yale

O hábito da leitura é um passaporte para o turismo no universo do imaginário, com direito a viagens sem fim. Porque mesmo quando você acaba de ler um, logo aparece outro e outro te levando para novas e fascinantes jornadas, e assim a vida vai ganhando motivos a mais para ser vivida. Pois aquilo que todos sabíamos por intuição, a ciência acaba de revelar por comprovação: ler faz você viver por mais tempo.

Eu odeio pokémons e quando descobrir para que eles servem, vou odiar mais ainda

Eu odeio pokémons e quando descobrir para que eles servem, vou odiar mais ainda

Pior que se sentir um analfabeto digital é, de fato, ser um. Eu descobri isso da pior maneira: sendo. O bê-á-bá é o seguinte… Duas da madruga, meu vizinho que deveria estar dormindo faz tempo acorda meio mundo aos gritos: “Peguei mais um! Peguei mais um!”. Pra complicar, o filho dele se revelou ainda mais escandaloso: “Eu também! Um Pikachu!”. Era um sábado e eu só queria chegar até as oito da manhã babando no travesseiro. Mas a gritaria continuou lá fora, agora acrescida de novas vozes desenfreadas. Sim, era isso: o mundo que eu conhecia tinha virado de cabeça pra baixo.

761
Os 12 perfis mais comuns de leitores da Revista Bula

Os 12 perfis mais comuns de leitores da Revista Bula

Exigentes, antenados, divertidos, questionadores… A Bula tem a satisfação de possuir um público diversificado de seguidores. Como de costume, esta lista não tem a pretensão de ser precisa, muito menos definitiva. Brincadeiras à parte, apresentamos apenas 12 perfis, para que você não se canse e aborte a leitura antes do gran finale. Existem “dozenas” de outros perfis aqui não citados, motivo pelo qual talvez você se não se sinta representado por este ou aquele. Oportunidade para a manifestação dos seus valiosos comentários. Exceção do primeiro perfil — que é um caso emblemático na literatura universal —, para facilitar a leitura adotamos o gênero masculino. Mera conveniência, uma vez que o perfil feminino é predominante em nosso quadro de leitores (obrigado, garotas!) e os tipos descritos se aplicam a todos, sem distinção.