Autor: Carlos Willian Leite

A obra completa de Frédéric Chopin para download gratuito

A obra completa de Frédéric Chopin para download gratuito

O Musopen, por meio do Kickstarter — o maior site de financiamento coletivo do mundo — vem disponibilizando para download a obra completa do polonês Frédéric Chopin, considerado um dos maiores compositores clássicos de todos os tempos. As gravações foram feitas por pianistas dos mais importantes conservatórios do mundo, entre eles: Christopher Harding, Edward Neeman, Maxim Anikushin, Ilya Friedberg, Kei Takumi e Michael Chertock.

As maiores declarações de amor da literatura universal

As maiores declarações de amor da literatura universal

Pedimos aos leitores e colaboradores da Revista Bula que apontassem, entre passagens literárias memoráveis, quais eram as maiores declarações de amor da história da literatura. Na lista, aparecem personagens dos mais díspares perfis, em comum entre eles, apenas a paixão flamejante. De Humbert Humbert, personagem de Vladimir Nabokov, descrevendo Dolores Haze, em “Lolita”— o mais citado —, até a metáfora da pedra de Bolonha, do romance “Os Sofrimentos do Jovem Werther”, de Goethe, que imortaliza não apenas o amor de Werther por Carlota, mas todos os grandes amores da literatura universal. Abaixo, a lista baseada no número de citações e uma pequena amostra do amor incendiário dos personagens selecionados.

As 40 palavras mais feias da língua portuguesa

As 40 palavras mais feias da língua portuguesa

Durante o ano 2015 pedimos aos leitores e colaboradores da Revista Bula que nos indicassem quais são as palavras mais belas e mais feias da língua portuguesa. Ao todo, seis enquetes foram realizadas, entre os meses de janeiro e junho, totalizando mais de 5 mil participações. O resultado não pretende ser abrangente ou definitivo e corresponde apenas à opinião das pessoas consultadas.

As 40 palavras mais belas da língua portuguesa

As 40 palavras mais belas da língua portuguesa

Durante o ano 2015 pedimos aos leitores e colaboradores da Revista Bula que nos indicassem quais são as palavras mais bonitas da língua portuguesa. Ao todo, seis enquetes foram realizadas, entre os meses de janeiro e junho, totalizando mais de 5 mil participações. O resultado não pretende ser abrangente ou definitivo e corresponde apenas à opinião das pessoas consultadas.

A última crônica de Drummond

A última crônica de Drummond

Creio que ele pode gabar-se de possuir um título não disputado por ninguém: o de mais velho cronista brasileiro. Assistiu, sentado e escrevendo, ao desfile de 11 presidentes da República, mais ou menos eleitos (sendo um bisado), sem contar as altas patentes militares que se atribuíram esse título. Viu de longe, mas de coração arfante, a Segunda Guerra Mundial, acompanhou a industrialização do Brasil, os movimentos populares frustrados mas renascidos, os ismos de vanguarda que ambicionavam reformular para sempre o conceito universal de poesia; anotou as catástrofes, a Lua visitada, as mulheres lutando a braço para serem entendidas pelos homens; as pequenas alegrias do cotidiano, abertas a qualquer um, que são certamente as melhores.

99 aforismos clássicos de Oscar Wilde

99 aforismos clássicos de Oscar Wilde

Publicado no Brasil pela editora Sextante, “Oscar Wilde Para Inquietos” é um pequeno manual que reúne 99 aforismos do dramaturgo, escritor e poeta irlandês. No livro, cada capítulo é iniciado por um aforismo de Oscar Wilde discorrendo sobre assuntos variados, como amor, dinheiro, amizade e convívio social, seguido de uma interpretação atual feita por Allan Percy, autor da compilação.

Os personagens mais mal-humorados da história da literatura

Os personagens mais mal-humorados da história da literatura

Pedimos aos leitores, seguidores do Twitter e Facebook que apontassem, entre personagens literários conhecidos, quais eram os mais mal-humorados da história da literatura universal. Na lista, aparecem personagens dos mais díspares perfis, em comum entre eles apenas o mau-humor crônico. De Holden Caulfield, criação de J. D. Salinger em “O Apanhador no Campo de Centeio” — o mais citado —, até o Deus vingativo do Velho Testamento bíblico. Abaixo, a lista baseada no número de citações e uma pequena amostra do humor colérico dos personagens selecionados.