Quatro extensões do Chrome indispensáveis para amantes de arte

Quatro extensões do Chrome indispensáveis para amantes de arte

Já no início do século 19, filósofos como Hegel chamavam a atenção para a importância de fruir a obra de arte. Isto é, apreciar em profundidade a obra, imergindo em seu universo e tentando extrair significados. De acordo com o pensador alemão, a fruição é um ato essencial ao espírito humano, que é afetado pela forma com que se satisfaz o “prazer estético”. O grande problema é que muitas vezes esse prazer não pode ser saciado com facilidade, já que museus e salas de exposições não costumam estar ao alcance todo o tempo.

Felizmente, há algumas saídas paliativas para esse grande dilema dos amantes de arte. Embora as obras nem sempre estejam próximas fisicamente, a internet permite que elas sejam apreciadas ao menos em formato digital. Conforme a Bula mostrou em postagens anteriores, alguns museus como o Metropolitan Museum of Art, em Nova York, e o Rijksmuseum, em Amsterdã, disponibilizaram o acervo completo em formato digital. Para além da digitalização de acervos, existem algumas facilidades ainda maiores, como é o caso de extensões de arte para navegadores, que deixam os usuários em contato com novas obras sempre que iniciam uma navegação na internet, ou até substituem anúncios das redes sociais por elas.

100