Marcel Proust entrevista Clarice Lispector

Marcel Proust entrevista Clarice Lispector

O escritor francês Marcel Proust gostava de jogar uma brincadeira de salão chamada “Confissões”, onde os participantes respondiam perguntas pessoais. Em sua homenagem, hoje o jogo ficou conhecido como “Questionário Proust”.

A Revista Bula, depois de ter adquirido em um concorrido leilão no eBay a Tábua Ouija original do filme “O Exorcista”, entrou em contato sobrenatural com o próprio Marcel Proust, em carne, osso e ectoplasma, que, relembrando seus tempos de jornalista, assinou contrato exclusivo como nosso correspondente do outro lado da vida.

Sempre nas altas rodas aristocráticas e altas esferas celestiais, Marcel Proust entrevista a escritora nascida na Ucrânia naturalizada brasileira Clarice Lispector. Eis o encontro de dois judeus de gênio, que deram novo significado para a expressão “o povo do livro”. Com vocês, na série Entrevistas do Além, o legitimo Questionário Proust com Clarice Lispector, psicografado em javanês pelo meio médium ligeiro Ademir Luiz.

Marcel Proust — Mademoiselle Lispector, fala francês?

Marcel Proust — Estou tentando parar de fumar.

Marcel Proust — Mademoiselle tem, eu. Compromete-se a falar tudo nesta entrevista?

Marcel Proust — Clarice Lispector é bela ou é fera?

Marcel Proust — Encontrou-se com Deus?

Marcel Proust — E Lúcifer?

Marcel Proust — Brasileira ou ucraniana?

Marcel Proust — Fui muito ligado à minha mãe. O que são para mademoiselle os laços de família? O que é ser mãe?

Marcel Proust — Muitos consideram sua literatura difícil de ser compreendida. Como responderia a essa crítica?

Marcel Proust — O argentino Jorge Luis Borges afirmou que sua visão de paraíso é uma biblioteca. E a sua?

Marcel Proust — E sua visão de inferno?

Marcel Proust — Qual livro levaria para uma ilha deserta?

Marcel Proust — Uma obra inesquecível?

Marcel Proust — Mademoiselle, como refugiada e depois esposa de diplomata, passou por várias cidades, como Maceió, Rio de Janeiro, Lisboa, Marrocos, Nápoles entre outras. Viu algumas delas como uma cidade sitiada?

Marcel Proust — O que é imoral?

Marcel Proust — O que é mais importante para um escritor, vocação ou talento?

Marcel Proust — O português é mesmo a língua da solidão?

Marcel Proust — E do que sente saudades?

Marcel Proust — Por falar nisto, mademoiselle reencontrou-se com Lúcio Cardoso?

Marcel Proust — O que é só para mulheres?

Marcel Proust — Quais seus defeitos?

Marcel Proust — O que acha de sua estátua, representada ao lado de seu querido cão Ulisses, colocada na praia do Leme na cidade do Rio de Janeiro?

Marcel Proust — O que escrever significa para mademoiselle?

Marcel Proust — O que veio primeiro: o ovo ou a galinha?

Marcel Proust — GH ou K?

Marcel Proust — Qual é a hora da estrela?

Marcel Proust — Soube que o músico Bob Dylan ganhou o Nobel?

Marcel Proust— Mademoiselle faleceu antes da popularização da internet. Olhando de cima e por cima, o que acha da rede?

Marcel Proust — Leu “Em Busca do Tempo Perdido”?